Páginas

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Em noite de grande emoção, Câmara de Nova Iguaçu realiza cerimônia de entrega das Medalhas do Mérito Comendador Soares



Por: ASCOM/CMNI
Em noite de grande emoção, Câmara de Nova Iguaçu realiza cerimônia de entrega das Medalhas do Mérito Comendador Soares
   A maior comenda do Legislativo iguaçuano, a Medalha do Mérito Comendador Soares, homenageou personalidades que fazem a diferença em relação ao desenvolvimento de Nova Iguaçu. São pessoas que têm se dedicado, seja em seu trabalho profissional, seja através de trabalho voluntário, seja na política ou nos movimentos sociais, a transformar a cidade em lugar cada vez melhor para se viver. A sessão solene realizada na noite de ontem (3) contou com a presença de várias autoridades e foi um momento de confraternização e reencontros. Os ex-vereadores Carlos Ferreira, hoje vice-prefeito de Nova Iguaçu, Rosangela Gomes, deputada federal, e Xandrinho, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, fizeram parte da mesa que conduziu a cerimônia.
   Falecido em maio deste ano, Mario Marques, ex-vereador e presidente da Câmara, ex-prefeito de Nova Iguaçu e ex-deputado estadual, foi um dos agraciados, in memoriam, 
pelo vereador Rogério Villanova. É de Mario Marques a autoria da resolução que criou a Medalha, em 2000. Sua esposa, professora Maria Luiza Guimarães Marques, e seu fillho Mariozinho receberam a condecoração, representando toda a família.
Professora Maria Luiza Guimarães Marques 
   O presidente da Câmara, Felipe Rangel Garcia, Felipinho Ravis, falou sobre a emoção do momento: “Orgulho define o meu sentimento em ser o presidente desta Casa e poder conduzir a homenagem a cada um dos senhores e das senhoras. Agradeço, em nome de todos os vereadores, os grandes esforços empreendidos por cada um. Vamos juntos nesta caminhada pelo bem de Nova Iguaçu”.
Medalha do Mérito Comendador Soares – Edição 2019
Vereadores e seus homenageados:
· Vereador Felipinho Ravis
Fabrício Teixeira da Silva (empresário)
· Vereador Aguinaldo Camu
Claudio Rogério (assessor parlamentar)
· Vereador Alcemir Gomes
Elias Moreira de Oliveira (policial civil)
· Vereador Alexandre da Padaria
Sônia Maria Simões Oliveira (professora)
· Vereador Li Só Alegria
Luana Oliveira da Costa (advogada)
· Vereador Fabinho Maringá
Sandro Ribeiro Alves (comandante do 4º Grupamento de Bombeiro Militar)
· Vereador Fernandinho Moquetá
Diogo Facciolli (cirurgião plástico)
· Vereador Dr. Cacau
- Dulce Helena Alves (professora)
- Ricardo Côrtes Portugal (jornalista)
· Vereador Mauricio Morais
Alexandre José Adriano (secretário de Desenvolvimento Urbano de Nova Iguaçu)
· Vereadora Renata da Telemensagem
Shirley Alves de Souza (pedagoga)
· Vereador Rogério Villanova
Mario Marques, in memoriam (ex-vereador e ex-prefeito de Nova Iguaçu, ex-deputado estadual)
· Vereador Vaguinho Neguinho
Mário Gil Lima dos Santos (aposentado e pai do vereador Vaguinho Neguinho)

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Projeto define em 21 o número de cadeiras na Câmara de Nova Iguaçu em 2021



ASCOM / CMNI
Projeto define em 21 o número de cadeiras na Câmara de Nova Iguaçu em 2021
  Proposta de Emenda à Lei Orgânica, de autoria da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Nova Iguaçu, foi lida durante a sessão de ontem (24) e propondo que a Casa seja composta de 21 vereadores a partir da legislatura 2021-2024. Em abril deste ano, projeto de autoria do vereador Fábio José de Freitas Santos, Fabinho Maringá (MDB), foi aprovado e reduziu de 17, número atual de vereadores, para 11 no mandato que começa em 2021. O texto de ontem foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça, para emissão de parecer, e já na próxima sessão poderá ser votado em 1ª discussão. Em sua justificativa, a Mesa Diretora argumenta que “é determinação expressa na Lei Orgânica proceder aos ajustes necessários no número de vereadores da Câmara..., ...nossa cidade pode conter, por estimativa populacional, no máximo 29 vereadores”.
 
Ainda na mesma sessão foram aprovados, em 2ª e última discussão, projetos de lei do presidente Felipe Rangel Garcia, Felipinho Ravis (PSC), e dos vereadores Carlos Alberto Ribeiro da Silva, Carlinhos BNH (sem partido), e Carlos Alberto Curi Chambarelli, Carlão Chambarelli (PTB). De autoria de Felipinho Ravis, passa a se chamar Praça da Luz Dr. Luiz Scapin, a antiga Praça da Luz, localizada no Bairro da Luz. A homenagem póstuma a Luiz Scapin se dá por sua história política em Nova Iguaçu, tendo ocupado o cargo de procurador da cidade, entre outros.
 
Carlinhos BNH teve aprovada a proposta que proíbe a comercialização de armas de brinquedo que configurem réplicas de armas de fogo. Segundo o vereador, após diversas pesquisas junto a órgãos de segurança, 60% dos roubos são cometidos com armas de brinquedo. Sendo presos, os assaltantes são liberados caso a vítima não compareça para o reconhecimento dos mesmos.
 
O calendário oficial do município passa a contar com duas novas datas, iniciativa do vereador Carlão Chambarelli: o lançamento da Campanha da Fraternidade, a ser estabelecida pela Diocese de Nova Iguaçu, e a Semana de Conscientização da Luta de Mães e Familiares Vítimas da Violência, a ser realizada sempre na última semana do mês de março.

Foto:

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

RIO FASHION DAY REALIZA SUA PRIMEIRA EDIÇÃO NA BAIXADA FLUMINENSE


Por: Maria Luiza Avellar www.approach.com.br
RIO FASHION DAY REALIZA SUA PRIMEIRA EDIÇÃO NA BAIXADA FLUMINENSE
Edição especial reunirá as melhores marcas da moda carioca

no Shopping Nova Iguaçu
  O Rio Fashion Day, evento inédito na Baixada Fluminense chega no Shopping Nova Iguaçu com diversas marcas do cenário da moda carioca. Com entrada gratuita, o público poderá conferir as novidades de 18 de setembro a 20 de outubro, no piso 1, próximo a loja American Pet. É a oportunidade perfeita para conhecer marcas desejo que não possuem loja física.
  Com o objetivo de dar mais visibilidade às novas marcas do cenário carioca, o RFD já conta com 11 edições em diversos pontos da cidade. Todos os expositores contam com fabricação própria e muitos trabalham com estampas exclusivas. Além disso, apresentarão suas coleções de Primavera-Verão, com muitas peças floridas, leves, frescas, coloridas e com as demais tendências da estação. O acesso é gratuito.
  As marcas expositoras são: Rosa Mexicana, Galaxxy, Holliday, Femme, Madre Maria, Marshmellow, Blah, Catwalk, Bamboo, Veste Pequeno, Lirioart, Arco Íris, Side B, Le Fucsia, Romania Semi Jóias, Espaço MB, Dallu, Maria Menina, Gabi Braga, Hollyn, For Fitness, Mamãe Tô Chique e Chivion.
   De acordo com Ana Beatriz Freitas, idealizadora do evento, a demanda do evento pelo público da Baixada sempre foi grande. “Recebemos diariamente centenas de pedidos para levarmos as nossas marcas para a cidade. E além de pedidos, em todos os nossos eventos que são realizados na cidade do Rio, recebemos pessoas da Baixada. Sempre. Muitas pessoas de Nova Iguaçu, Nilópolis, Belfort Roxo nos acompanham e nos visitam em outros locais.”, conta a empresária.
  Além disso, ressalta também a importância da chegada na Baixada para as marcas expositoras. “Levar o Rio Fashion Day para a Baixada é a realização de um grande sonho, não só pelos inúmeros pedidos e clientes que temos, mas também por ser uma excelente praça para as nossas marcas. O público da baixada é um público que possui um enorme potencial de compra, está sempre atrás de novidades. O Rio Fashion Day tem tudo a ver com isso.”, completa.


Serviço:
Rio Fashion Day no Shopping Nova Iguaçu
Data: 18/9 a 20/10
Local: Piso 1, em frente a American Pet
Horário: de segunda a sábado de 10h às 22h e domingo e feriado de 13h às 21h
Entrada gratuita

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Câmara de Nova Iguaçu presta homenagem ao ex-presidente Mario Marques



 Por:ASCOM/CMNI 
Câmara de Nova Iguaçu presta homenagem ao ex-presidente Mario Marques

 Ex-presidente da CMNI, Mario Marques
 agora dá nome à tribuna da Casa
  Mario Marques nasceu Mario Pereira Marques Filho, em 10 de abril de 1940, e adotou o nome Mario Marques para a política. Vereador por 7 mandatos consecutivos em Nova Iguaçu, foi presidente da Câmara no período 1999/2000. Orador de grande talento, tinha orgulho em discursar da tribuna da Casa em todas as sessões. Em 2 de maio deste ano, aos 79 anos, ele nos deixou. Seu nome, além de figurar na galeria dos ex-presidentes, agora dá nome à tribuna da CMNI, que passa a se chamar “Tribuna Mario Pereira Marques Filho”. Por unanimidade, os vereadores aprovaram na noite de ontem (10), projeto de lei sobre o tema. O filho, Mario Marques, mais conhecido como Mariozinho, e a esposa, professora Maria Luiza Marques, estiveram presentes à sessão. 
    Maria Luiza agradeceu, da tribuna, o reconhecimento a Mario Marques.
“Esta é uma sessão plenária muito especial para mim, pois encaminho esta homenagem à figura política de Mario Marques, uma referência de aprendizado para todos nós. Seu legado como homem público só tem a acrescentar na vida de cada um de nós”, disse o presidente Felipe Rangel Garcia, Felipinho Ravis. Ele também agraciou com uma Moção de Congratulações e Aplausos a delegada da Polícia Civil, atual diretora da Coordenadoria Geral das Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher, a iguaçuana Juliana Emerique. Em conjunto com o vereador Mauricio Morais, Felipinho entregou Moção de Congratulações e Aplausos ao deputado estadual Danniel Librelon (Republicanos 10) e ao pastor 

evangélico Claudio Castro.
  Uma grande solenidade está sendo preparada para a inauguração da placa que dá nome à tribuna da Câmara. Todas as personalidades políticas e da sociedade, que conviveram com Mario Marques, serão convidadas a participar.


segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Reserva ou Parque? Eis a questão


Por : Wandemberg I
Reserva ou Parque? Eis a questão
Nova Iguaçu, domingo, 25 de agosto do ano de 2019 

  Praticamente às vésperas de 'Audiência Pública' na Câmara dos Deputados em Brasília, que acontecerá no próximo dia 4 de setembro, quando a Comissão de Turismo daquele organismo Nacional decidirá se a Reserva Biológica do Tinguá deixará de ter o 'status' de Reserva e passará a ser Parque Nacional, o Deputado Federal Dr. Luizinho (PP - RJ) promoveu reunião 'aberta', no último dia 25, com gente da Baixada Fluminense, para oportunizar às pessoas a emitirem opinião sobre o assunto. Pelo que entendi o Deputado estará, no dia 4 de setembro, defendendo a opinião da maioria dos manifestantes presentes ao encontro de Tinguá. Tal tema, já há algum tempo, divide às opiniões dos munícipes de Nova Iguaçu, Caxias, Petrópolis e Miguel Pereira, cidades que estão inseridos de alguma forma na geografia dessa área exuberante de Mata Atlântica,
Na Praça de Tinguá
 O local do encontro não poderia ser outro: a Praça de Tinguá em Nova Iguaçu, onde se edificou uma tenda e o Prefeito Rogério Lisboa, o Deputado Federal Dr. Luizinho, o Vereador Carlinhos BNH, o Secretário Fernando Cid, compuseram à 'Mesa', e, subsequentemente, abriu-se inscrições para que os cidadãos se inscrevessem para usarem o microfone e de público emitirem e justificarem, cada qual, suas opiniões a respeito. O mediador do encontro foi o próprio Deputado iguaçuano Dr. Luizinho.
Impasse
  Se de um lado alguns cidadãos, em parte moradores de Tinguá e adjacências, clamam para que a Reserva Biológica do Tinguá, uma das mais bem preservadas do mundo e reconhecida como Patrimônio Histórico pela UNESCO, passe a ter status de Parque Nacional, de outro lado, outros cidadãos  rebatem com veemência à proposição dos aficionados pelo 'status' de Parque Nacional, concitando assim às pessoas a lutarem para ser mantido o nome de 'Reserva Biológica do Tinguá'. Tal divisão de opiniões vem, há tempos, gerando um impasse.
Argumentos e Justificativas
Dos que querem que a Reserva Seja Parque

 Dentre aqueles que se pronunciam pela mudança, a justificativa foi: sendo 'Parque' iria entrar uma verba (dinheiro público) para custear todo o movimento; que no Parque as pessoas poderiam ter acesso às matas; que poder-se-ia cobrar o ingresso dos turistas para entrarem na mata, gerando receita; que iria trazer grande desenvolvimento para o comércio local; que iria gerar empregos; que o bairro Tinguá iria prosperar acentuadamente, etc, ... 
Dos a favor da Reserva Biológica
 Já os que defendem a manutenção da sigla 'Reserva Biológica', citam como exemplos: o Parque de Mesquita - que segundo eles, encontra-se inteiramente "entregue às baratas"; que na Reserva, em razão da proibição das pessoas entrarem na mata, a fauna, a flora, as águas, estariam mais protegidas; que lá em cima nas serranias do Tinguá, com todo seu complexo hídrico, encontram-se  gigantescas caixas-d'água, edificadas em parte pela natureza, que abastecem grande área da Região Metropolitana do Rio de Janeiro e, que, com a mudança para 'Parque' traria grande acesso popular às matas ameaçando com isso, seriamente, aos mananciais que estariam sujeitos a sérios riscos de depredação e contaminação; que por trás do movimento de mudança estariam escondidos interesses particulares de políticos para arranjarem financiamento para suas campanhas, junto à industrialização e o comércio de água; que como Parque, essa grande gleba de Mata Atlântica perderia o 'status' de Patrimônio Histórico conferido pela UNESCO; que se trata de 'Área de Segurança Nacional'...    
   Últimas considerações...
   Lembrando que tanto o Prefeito do Município de Nova Iguaçu - Rogério Lisboa, quanto o Deputado Federal Dr. Luizinho, deixaram claro que estavam dispostos a atender o parecer do povo, para tanto marcaram o encontro de Tinguá. Considerando que ficou óbvio que houve uma acentuada maioria para os que se posicionaram em favor da continuidade da Reserva Biológica, me parece que nosso ilustre Deputado se esforçará em Brasília para que a 'Reserva Biológica' seja mantida!