Páginas

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Caminhada do III Encontro dos Coroinhas interdita ruas de Nova Iguaçu

Caminhada do III Encontro dos Coroinhas interdita ruas de Nova Iguaçu
 A Prefeitura de Nova Iguaçu montou um esquema especial para a interdição das ruas que receberão os fiéis da Catedral de Santo Antônio para a Caminhada do III Encontro dos Coroinhas, no centro. O evento acontece no próximo sábado, (01/08), das 7h30 às 14h.

 Com o objetivo de atender melhor a população, os agentes da Secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana (Semtmu) estarão trabalhando durante o período da caminhada para garantir a fluidez do trânsito.

 Durante o percurso devem ser evitados o tráfego de veículos nas ruas: Athayde Pimenta de Moraes no trecho entre as ruas Dom Walmor e Barros Júnior, Mariano de Moura, Governador Amaral Peixoto e Floriano Peixoto, até a chegada à Catedral de Santo Antônio. “Pedimos que os motoristas evitem trafegar pelas vias escolhidas para o percurso, especialmente a Rua Dr. Barros Junior, que contemplará grande trajeto da caminhada”, sugere o secretário de Transporte, Rubens Borborema.

Conferência Municipal de Assistência Social elege oito delegados em Nova Iguaçu

Por: ASCOM/Fotos: Alziro Xavier 
Conferência Municipal de Assistência Social elege oito delegados em Nova Iguaçu 
 A Prefeitura de Nova Iguaçu promoveu nesta quarta-feira (29), a 10º Conferência Municipal de Assistência Social. O evento teve como objetivo avaliar a política de Assistência Social e o aprimoramento do Sistema Único de Assistência Social através de debates e análises a partir do tema central “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2.026”. A atividade aconteceu de 8h às 18h, na Universidade Iguaçu (Unig).

 Participaram do encontro assistentes sociais, instituições interessadas na implementação e consolidação da política de assistência social, na condição de representantes governamentais, sociedade civil e representantes de diferentes instituições do município. Após apresentação da mesa temática, a atividade abriu espaço para os grupos de trabalhos e em seguida, apresentação, debates e eleição dos oito delegados que representarão Nova Iguaçu durante a Conferência Estadual de Assistência Social que será realizada em outubro.

 Os hinos, Nacional e de Nova Iguaçu foram executados por integrantes do Coral Vozes do Esmuti (Espaço Municipal da Terceira Idade). Houve também uma apresentação cultural do grupo de teatro Casa do Menor São Miguel Arcanjo.

 A secretária e subsecretária de Assistência Social de Nova Iguaçu, Cristina Quaresma e Cristiane Lamarão, respectivamente; subsecretária dos Conselhos Municipais, Cristina Penna; subsecretário do Direito da Pessoa com Deficiência, Valnei Costa; professora da Escola de Serviço Social da UFRJ, Joana Garcia; representante da Sociedade Civil, Vera Cristina, e da subsecretária Estadual de Assistência Social, Nelma de Azeredo,e todo secretariado também marcaram presença no encontro. 

 De acordo com a secretária de Assistência Social, Cristina Quaresma, a rede de atendimento está crescendo. “O nosso objetivo é que os usuários sejam bem atendidos e bem recepcionados. É muito importante estarmos todos aqui falando sobre o SUAS. Temos problemas sim, e aprendemos diariamente. Estamos na luta para que unidos possamos fazer do SUAS um sistema de sucesso. Tenho certeza que todos em Nova Iguaçu estão engajados para que isso aconteça”, disse Quaresma.

 Todo material produzido durante a conferência será encaminhado ao Conselho Estadual de Assistência Social com a análise qualitativa de cada eixo, suas decisões e recomendações.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Senac RJ abre processo seletivo para contratação de 45 instrutores das áreas de Saúde e Tecnologia da Informação no Estado do Rio de Janeiro

Marcela Sayão Prior
Senac Rio de Janeiro
Senac RJ abre processo seletivo para contratação de 45 instrutores das áreas de Saúde e Tecnologia da Informação no Estado do Rio de Janeiro
 Há vagas de nível técnico e superior em diversas cidades fluminenses
 O Senac RJ está com processo seletivo aberto para contratação de 45 instrutores, em diversos municípios do Rio de Janeiro, das áreas de Tecnologia da Informação (TI) e Saúde. As inscrições para Saúde vão até o dia 2 de agosto e para a área de TI até 16 de agosto, e devem ser feitas pelo endereço  www.rj.senac.br/trabalhe-conosco. No site há informações sobre formação e experiência profissional requeridas, além de etapas do processo.

 Em TI há vagas para profissionais de nível técnico e superior nas cidades de Nova Friburgo, Miguel Pereira, Petrópolis, Resende e Rio de Janeiro. A seleção é para instrutores de: Redes de Computadores, Desenvolvimento de Sistemas, Desenvolvimento Web, Operador de Computador, Operador de Computador, CCNA, Web Design, MS Project, Desenvolvimento Web, Operador de Computador, Desenvolvimento de Sistemas, Redes de Computadores e Linux.

 Já na área de saúde, há vagas para atuar em Campos, Itaocara, Nova Iguaçu e Rio de Janeiro. As vagas são para instrutores de: Enfermagem , Agente Comunitário de Saúde, Prótese Dentário, Farmácia-Química, Podologia, Óptica Surfassagista, Óptica Montador e Óptica Adaptador.

 O Senac RJ 
 O Senac RJ é uma instituição de ensino que atua há 69 anos na profissionalização de mão de obra para setor de comércio de bens, serviços e turismo no Estado do Rio. Atualmente, é referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 77% de empregabilidade nos últimos anos, e investe fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho. Com 39 unidades em todo o estado do Rio, de 2010 a 2013 o Senac RJ passou de 13 mil para 81 mil alunos.

FIRJAN Nova Iguaçu capacita empresários a concorrer em editais de inovação e tecnologia

Pedro Schneider, diretor de P&D da Condor, apresenta primeira arma elétrica incapacitante brasileira no RoadShow FIRJAN
O presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Afins da Baixada Fluminense, Henrique Seita


Joana Mineiro
Assessora de Imprensa
Representação Regional FIRJAN/CIRJ - Baixada Fluminense - Área I
FIRJAN Nova Iguaçu capacita empresários a concorrer em editais de inovação e tecnologia
 Empresa convidada Condor Tecnologias Não-Letais apresentou projeto inovador como caso de sucesso e revelou aumento nas vendas. RoadShow, promovido pelo Sistema FIRJAN, tem o objetivo de ensinar pequenas, médias e grandes empresas a concorrer a verbas para se desenvolverem tecnologicamente

 A primeira arma elétrica incapacitante brasileira, a Spark, foi o projeto de inovação tecnológica elaborado e apresentado pela Condor Tecnologias Não-Letais como caso de sucesso, em Nova Iguaçu, durante o RoadShow FIRJAN de Inovação e Tecnologia, nesta terça-feira, dia 28, na Representação Regional FIRJAN/CIRJ Baixada Fluminense Área I. O produto foi lançado no mercado militar e policial em 2012, com apoio da FAPERJ, por meio do edital de Apoio à Inovação Tecnológica. A empresa, que já vendeu cerca de 20 mil armas elétricas, conheceu as possibilidades de concorrer a verbas para a realização do projeto inovador por meio do evento promovido pelo Sistema FIRJAN. O objetivo dos encontros, que acontecerão até o fim do ano, é sugerir soluções em fomento para inovação e tecnologia para as diferentes cadeias produtivas do estado, além de capacitar pequenas, médias e grandes empresas para concorrer em editais de financiamento. 

  Além de conhecer casos de sucesso de empresas regionais que tiveram projetos apoiados pelos agentes de inovação, os empresários da Baixada Fluminense tiveram a oportunidade de receber orientações sobre linhas de fomento de profissionais especializados em desenvolvimento tecnológico e representantes de instituições como FAPERJ, FINEP, AGERIO, BNDES, INMETRO, SEBRAE-RJ e os Centros de Tecnologia SENAI, que são agentes do sistema regional de inovação. A antiga Caravana Tecnológica foi reformulada para RoadShow FIRJAN de Inovação e Tecnologia e, desde o último dia 16, está percorrendo as Representações Regionais da Federação. O RoadShow, que já passou por Niterói, Volta Redonda e Nova Iguaçu, faz sua próxima parada na Representação Regional de Caxias, dia 6, às 9h.

 Segundo o coordenador de Projetos de Inovação Tecnológica do Sistema FIRJAN, Evanderson Feliciano, o edital SESI/SENAI é a principal linha de fomento aberta disponível no mercado para projetos de inovação. “Nosso principal diferencial é que as empresas podem participar do edital durante todo o ano. As startups, empresas iniciantes, também podem ter seus projetos de inovação financiados até 150 mil. Neste ano, o valor total do recurso é de R$ 40 milhões, o que nos possibilita ajudar muitas empresas, financiando grandes ideias”, disse Evanderson, que destacou financiamento de até R$ 400 mil para inovação tecnológica, até R$ 400 mil para projetos de qualidade de vida, saúde e segurança do trabalho e até R$ 150 mil para startups.

 Com o apoio financeiro da FAPERJ, e participação do CEFET/RJ, Instituição de Ciência e Tecnologia parceira, o projeto Arma Elétrica Incapacitante, da empresa Condor Tecnologias Não-Letais, situada em Nova Iguaçu, resultou na contratação de mais de 100 colaboradores e na inclusão do Brasil no seleto grupo de países detentores desse tipo de tecnologia, ao lado de Estados Unidos, Rússia e China. Pedro Schneider, Diretor de P&D da Condor, revelou que o produto demandou grande esforço tecnológico e grandes investimentos da Condor. “Um novo prédio foi construído para abrigar o laboratório de eletrônica e a linha de montagem da Spark. O investimento em edificações, equipamentos de laboratório, construção de moldes de injeção plástica, material de consumo e mão de obra foi alto, mas graças à ajuda financeira através do edital o retorno superou nossas expectativas”, destacou.

 De acordo com Schneider, nos próximos meses, novamente com o apoio financeiro da FAPERJ, a Condor vai lançar a segunda versão da Spark, com características técnicas avançadas para melhor atender às necessidades das Polícias e Forças Armadas. Ainda segundo Schneider, como fruto do conhecimento adquirido no desenvolvimento da Spark, foi realizado ainda, com apoio de programa de subvenção econômica da FINEP, o projeto de uma munição elétrica incapacitante. Ela terá capacidade para transportar no próprio projétil 40 mm à eletrônica que aplicará o choque. O diretor da empresa acredita que isso aumentará substancialmente a distância de uso desse recurso não letal.

 Fabiano Gallindo, especialista de Projetos Tecnológicos do Sistema FIRJAN, enfatizou que, com a crise financeira, as empresas devem focar em projetos de inovação e mostrar o diferencial. “Diminuir a produção de resíduos e o consumo de energia, reorganizar produtos, reestruturar o processo, diminuindo tempo e aumentando produção, são algumas formas de se desenvolver tecnologicamente. A inovação precisa estar no DNA da empresa”, explicou Gallindo.

 O presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Afins da Baixada Fluminense (SIMAPAN), Henrique Seita, disse que, antes, parecia impossível concorrer a um edital de financiamento. “O evento foi muito esclarecedor, nos aproximou das instituições e nos estimulou a inovar e a aumentar a competitividade. Foi uma grande oportunidade de estar próximo de agentes locais do sistema de inovação como as universidades, empresas juniores e consultores, além de poder conhecer exemplos de empresas bem-sucedidas na aprovação de projetos inovadores”, concluiu o presidente do SIMAPAN.


Programação
Conheça as próximas paradas e participe:
- 06/08, às 09:00h – Regional Baixada II (Duque de Caxias)
Foco: Indústria petroquímica e de plásticos.

- 25/08, às 14:00h – Regional Norte Fluminense (Campos dos Goytacazes)
Foco: Indústria de alimentos e bebidas, cerâmica vermelha, petróleo e gás.

 - 26/08, às 14:00h – Regional Noroeste Fluminense (Itaperuna)
Foco: Indústria de pedras ornamentais, têxtil e confecções, alimentos e bebidas.

 - 17/09, às 16:00h – Regional Centro Sul (Três Rios)
Foco: Indústria de alimentos e bebidas, plástico e metalmecânico, cerâmica vermelha.

- 24/09, às 15:00h – Regional Serrana (Petrópolis)
Foco: Indústria de tecnologia da informação e comunicação e design de móveis.

- 29/09, às 14:00h – Regional Centro Norte (Nova Friburgo)
Foco: Indústria de metalomecânico, têxtil, construção civil, alimentos e bebidas.


As inscrições podem ser feitas pelos telefones:
0800 0231 231 (ligações gratuitas de telefone fixo no estado do Rio)
4002 0231 (custo de ligação local)

Prefeitura põe obstáculos em pontos estratégicos para evitar "bandalhas" no trânsito de N. Iguaçu

Por: ASCOM/Fotos: Thiago Loureiro
Prefeitura põe obstáculos em pontos estratégicos para evitar "bandalhas" no trânsito de N. Iguaçu
 A Prefeitura de Nova Iguaçu está de olho no trânsito da Cidade. Para dar fim às “bandalhas” cometidas por motoristas que seguem na contramão, a Secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, com apoio da Companhia de Desenvolvimento de Nova Iguaçu, instalou diversas muretas metálicas em pontos estratégicos para inibir a ação dos condutores.
Quem passa pelo canteiro da Via Light, próximo ao Viaduto Dom Adriano Hipólito, popularmente conhecido como Viaduto do Extra, e pela rua da 52° DP sentido Via Light, consegue ver muretas metálicas instaladas em torno de todo o canteiro para impedir que os ‘espertalhões’ continuem desrespeitando as regras do trânsito e realizando manobras irregulares.

De acordo com o secretário de Transporte, Rubens Borborema, a implantação dessa medida é muito importante para a cidade. “Queremos garantir a segurança no trânsito, por isso, vamos colocar muretas onde for necessário”, comenta. Ainda segundo o secretário, foram registradas cerca de 10 infrações por dia, nos dias úteis. Totalizando 110 infrações até o momento.

Além das cercas instaladas, a Secretaria de Transporte aumentou a fiscalização próximo ao Viaduto do Extra, com dois agentes de trânsito e uma viatura que ficarão de segunda à sexta-feira, a partir das 15h. Quem for pego realizando a contramão será notificado.

Prefeitura de Nova Iguaçu promove Conferência de Assistência Social


Prefeitura de Nova Iguaçu promove Conferência de Assistência Social
 A Prefeitura de Nova Iguaçu realiza amanhã (29), a Conferência Municipal de Assistência Social. A atividade acontece de 8h às 18h, na Universidade Iguaçu (Unig). O objetivo da conferência é avaliar a política de Assistência Social e o aprimoramento do Sistema Único de Assistência Social através de debates e análises a partir do tema central “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2.026”.
 Podem se inscrever pessoas ou instituições interessadas na implementação e consolidação da política de assistência social do município, na condição de representantes governamentais, sociedade civil e representantes de diferentes instituições. Após apresentação da mesa temática, a atividade abrirá espaço para os grupos de trabalhos e em seguida, apresentação, debates e eleição dos delegados que representarão Nova Iguaçu durante a Conferência Estadual de Assistência Social.

 Participam da conferência a secretária e subsecretária de Assistência Social de Nova Iguaçu, Cristina Quaresma e Cristiane Lamarão, respectivamente, que participam da mesa temática do evento. A atividade contará ainda com a presença da professora da Escola de Serviço Social da UFRJ, Joana Garcia e da subsecretária Estadual de Assistência Social, Nelma de Azeredo.

 De acordo com a subsecretária dos Conselhos Municipais, Cristina Penna, todo material produzido durante a conferência será encaminhado ao Conselho Estadual de Assistência Social com a análise qualitativa de cada eixo, suas decisões e recomendações. 

terça-feira, 28 de julho de 2015

Nova Iguaçu realiza Dia D de Combate a Dengue



 Por: Fernanda Rodrigues/Fotos: Everton Barsan
Nova Iguaçu realiza Dia D de Combate a Dengue
      Centenas de pipas no ar lembraram na manhã desta sábado (25) que com a dengue não se brinca. Com mensagens de prevenção, as pipas foram distribuídas pela Secretaria Municipal de Saúde para crianças e adultos que passaram pela Praça do Skate, durante o evento de reinauguração da praça.
       A ação faz parte da campanha “10 minutos contra a dengue”, e teve como objetivo orientar de forma lúdica sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença. Além das pipas e gincanas que testaram o conhecimento da garotada sobre as formas de prevenir a doença, agentes de combate a endemias da Secretaria de Saúde distribuíram folhetos informativos e deram dicas simples de combate a dengue para população.  

       “Combater a dengue é uma tarefa diária que todos nós devemos fazer. As crianças são grandes disseminadoras desta ideia, seja em casa, na escola ou com os amigos, por isso, neste ano, focamos a campanha nelas. A Prefeitura tem intensificado as ações, inclusive visitando periodicamente as residências. Este trabalho de porta em porta tem sido fundamental e nos ajudado a diminuir os índices de doença na cidade, mas é preciso que todos colaborem com cuidados simples de prevenção, evitando acumular água em recipientes, como vasos de plantas, tampas de garrafas e pneus, por exemplo”, alerta o secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior.

      Além das campanhas, oficinas e capacitações para funcionários e alunos da rede pública e privada, equipes da Vigilância Ambiental atuam fiscalizando periodicamente 347 pontos considerados estratégicos para a proliferação do mosquito, aplicando a cada 15 dias, larvicidas nestes locais.    
    

     “O governo tem trabalhado em muitas áreas, mas é na saúde e na educação que mais avançamos. Vamos até o final do ano inaugurar mais 12 clínicas da família e no próximo mês iniciar a licitação para uma das maiores conquistas desta cidade nos últimos anos, a reforma do Hospital Iguaçu. É um desafio diante do momento no qual o Brasil vive, principalmente na Saúde, mas enquanto a Baixada está parada nesta área, não podemos parar. Nova Iguaçu precisar avançar cada vez mais com ousadia para não deixar de atender a população”, garante o prefeito da cidade, Nelson Bornier.

      O pequeno Yuri de Castro, de 12 anos, aprovou a ideia e garante que em casa, não dá mole para o mosquito. “Adoro soltar pipa e poder ajudar brincando é melhor ainda. Lá em casa todo mundo já sabe que não pode deixar água parada, se eu ver, chamo a atenção mesmo”, afirma.  


Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página clique na seta ao lado da página.