Páginas

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Prefeitura e Liga de Desportos lançam 3ª edição do Campeonato Iguaçuano de Futebol Amador

 Por: ASCON/Fotos: Alziro Xavier
Prefeitura e Liga de Desportos lançam 3ª edição do Campeonato Iguaçuano de Futebol Amador
 A bola começa a rolar no dia 13 de setembro na terceira edição do Campeonato Iguaçuano de Futebol Amador. Na quinta-feira (3) à noite, no teatro Sylvio Monteiro, o prefeito Nelson Bornier, em “tabelinha” com o presidente da Liga de Desportos de Nova Iguaçu, Luiz Carlos Pina,  fez o lançamento oficial do campeonato, previsto para terminar em novembro. Durante o evento, foram entregues kits com uniformes (jogos de camisa) para as 12 equipes. O atacante Sassá, do Botafogo, o zagueiro Vagner Eugênio (América), e o ex-jogador Moisés, campeão brasileiro pelo Botafogo em 1985, prestigiaram a solenidade.

 As 12 equipes serão divididas em duas chaves, jogando entre si. As quatro melhores passam para a segunda fase. No ano passado, o campeão foi o BNH, que derrotou na final o Tradição por 2 a 0.

 Apesar das dificuldades,  Nelson Bornier “driblou” a crise para manter a terceira edição do campeonato, que reúne centenas de torcedores em diversos bairros. O prefeito destacou que o “jogo coletivo” foi importante para manter a parceria com a Liga. “Tenho certeza que este ano será melhor que 2013 e 2014, pois a competição é uma oportunidade de lazer para muitos moradores, além de podermos revelar atletas e contribuirmos com a cidadania”, disse Bornier, que entregou um certificado de agradecimento ao jogador Vagner Eugênio por ter feito o gol que classificou o América para o a Primeira Divisão do Campeonato Estadual do ano que vem. O prefeito destacou ainda o trabalho desenvolvido pelo secretário municipal de Esporte e Lazer, Adriano Santos.

 Segundo Adriano Santos, o Campeonato Iguaçuano de Futebol Amador e os Jogos Estudantis são as principais competições do município. “O que foi tratado entre Liga, Prefeitura e clubes será cumprido. Sabemos que os clubes estão na penúria, mas em muitos bairros eles são a única fonte de atividade esportiva”, concluiu o secretário. “A ajuda da Prefeitura é fundamental para a realização do campeonato, que a cada ano ganha mais destaque”, emendou o presidente da Liga, Luiz Carlos Pina.

 Revelação do Botafogo, o atacante Sassá, 21 anos, morador do bairro Posse, em Nova Iguaçu, começou a carreira em 2008 como meio-campo no Iguaçu Futebol Clube. Um ano depois, ele se transferiu para o Botafogo. Sassá avalia como positiva a parceria da Liga com a Prefeitura. “É uma oportunidade rara para o jovem mostrar seu futebol e ser observado por alguém de um clube. O campeonato funciona como vitrine e cada jogador tem que agarrar esta oportunidade”, finalizou.

 O deputado estadual André Lazaroni, o vereador Carlinhos Presidente e o presidente da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (Fenig), Marcos Ribeiro participaram da solenidade.

 A primeira rodada, no dia 13 de setembro, já está definida com os seguintes jogos:
 Chave A:  Tradição x Aymoré (11h, campo do Aymoré, Palhada); Roma x Revelação (13h, campo do Aymoré) e Cabuçu x Ferrari (15h, campo do Cabuçu)
 Chave B: Atlético Clube Horizonte x Miguel Couto (11h, campo do Novo Horizonte, Carmari); BNH x Raça (11h, campo do BNH, Corumbá) e Iguaçu x Parque Flora.(15h, Campo do Iguaçu, em Iguaçu Velho)

Ex-campeão brasileiro usará competição como ‘peneira’
 Campeão brasileiro pelo Botafogo em 1995, o ex-jogador Moisés, que atualmente treina o time de juniores do Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, frisou que irá acompanhar alguns jogos do campeonato iguaçuano e observará jogadores. “A competição pode revelar atletas, pois é uma grande “peneira” (processo de escolha). A Prefeitura e a Liga estão de parabéns por propiciarem esta oportunidade aos jogadores”, encerrou Moisés, que  em 1995 foi campeão ao lado de Túlio Maravilha, Sérgio Manoel, Vagner, Donizete e Wilson Gottardo, entre outros craques.

 Vice-presidente do Miguel Couto, Zila Cardoso acentuou que uma das principais funções do esporte é a socialização. Aos 60 anos e com passagem por vários clubes, Zila afirma que muitas agremiações estão de fora do campeonato por causa da situação financeira. “É caro colocar o futebol para funcionar. Por isso louvo a iniciativa da Liga e da Prefeitura em manter há três anos esta competição, que já é um sucesso”, resumiu Zila, que como jogador atuou na primeira equipe principal do Mesquita FC e no Miguel Couto. Como treinador, Zila dirigiu também o Mesquita, Morro Agudo, Miguel Couto e Art Sul.

 Durante a solenidade, o prefeito Nelson Bornier arrancou gargalhadas ao dizer que quando jogava futebol deu muita “caneta” (colocar a bola entre as pernas e pegar do outro lado) em Zila.


Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.

Pronatec na Baixada Fluminense: SENAI inscreve para 538 vagas gratuitas em curso técnico de Mecânica

Por:Joana Mineiro
Pronatec na Baixada Fluminense: SENAI inscreve para 538 vagas gratuitas em curso técnico de Mecânica
São 450 oportunidades no SENAI Caxias e 88 na unidade de Nova Iguaçu. Processo seletivo é exclusivo para alunos que estejam cursando o 2º ou o 3º ano do Ensino Médio regular em escolas públicas estaduais

 O SENAI está com inscrições abertas para 538 vagas gratuitas no curso técnico de Mecânica, na Baixada Fluminense. As oportunidades, oferecidas através do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), são para as unidades de Duque de Caxias (450) e Nova Iguaçu (88). As inscrições vão até dia 20 de setembro, pelo site da Secretaria de Estado de Educação (www.rj.gov.br/web/seeduc), que é responsável pela seleção dos candidatos. O processo seletivo é exclusivo para alunos das escolas públicas estaduais, que estejam cursando o 2º ano do Ensino Médio regular.

 Em todo o estado, são 2.733 vagas oferecidas pelo SENAI através do Pronatec. A previsão é de que as aulas comecem na primeira quinzena de outubro. Elas serão ministradas de segunda à sexta-feira, nos turnos da manhã, tarde e noite, dependendo da unidade escolhida. Os cursos técnicos do SENAI certificam com diploma de técnico de nível médio e oferecem teoria e prática em oficinas e laboratórios que reproduzem o ambiente real das indústrias. Mais informações podem ser obtidas pelo www.cursogratuitosenairio.com.br ou 0800 0231 231.


Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.

Judocas de Nova Iguaçu ganham ouro em torneio no Rio

Por: ASCOM
Judocas de Nova Iguaçu ganham ouro em torneio no Rio
 A equipe de judocas da Vila Olímpica de Nova Iguaçu, comandada pelo mestre Cesar Romeu, fez bonito nos tatames do Amistoso de Judô Avany Magalhães promovido pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro. Conquistaram dez ouros, duas pratas e dois bronzes.  

O torneio aconteceu em Deodoro-RJ e foi dividido por classe de idade e peso, contando com a participação de crianças e adultos, além das principais escolas de judô do Rio de Janeiro. 

 Para o mestre, a equipe iguaçuana está no caminho certo. "Vejo uma nova safra chegando. Para se manter no topo do judô não e só ter talento, é preciso ter disciplina", explicou.

 O secretário de Esporte e Lazer de Nova Iguaçu, Adriano Santos, falou da importância do judô no projeto de iniciação esportiva da Vila Olímpica. "Temos várias modalidades, mas o judô é uma das que tem mais alunos inscritos, muito por conta da excelência do nosso mestre Cesar Romeu", disse Adriano Santos.

 Os interessados em praticar a modalidade, podem procurar a Vila Olímpica de Nova Iguaçu, que fica na Rua Luis de Lima, 288, Centro. As aulas são gratuitas e acontecem todas as terças, quintas e sábados, com turmas para crianças e adultos.



Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.

Senac RJ abre inscrições para 25 cursos técnicos em todo o estado do Rio de Janeiro

Por: Marcela Sayão Prior
Senac RJ abre inscrições para 25 cursos técnicos em todo o estado do Rio de Janeiro
 Há vagas em diversas áreas, como Logística, Gestão, TI, Nutrição, Design e Moda
 Estão abertas as inscrições para diversos cursos técnicos do Senac RJ nas 39 unidades da instituição no estado Rio de Janeiro. Os programas são voltados para quem procura qualificação nas áreas de Administração, Segurança, Gestão, Educação, Tecnologia da Informação, Moda, Design, Saúde, Bem-Estar, Nutrição e Turismo. Há mais de 25 cursos técnicos  presenciais e a distância, para diferentes perfis de alunos.

 Áreas promissoras
 A capacitação técnica aumenta a empregabilidade. Alguns segmentos contam com bons rendimentos e têm grande demanda por profissionais qualificados, como Logística. No Senac RJ, o curso Técnico em Logística permite ao aluno realizar atividades operacionais relacionadas à área, como controle e acompanhamento de compras, armazenagem, movimentação e transporte de produtos, materiais e bens patrimoniais. Um profissional tem salário entre R$ 1,5 mil e R$ 1,8 mil, dependendo da área e tempo de atuação.

 O profissional de Segurança do Trabalho possui boas chances de conseguir ser efetivado nos setores de Construção Civil e Petróleo e Gás, principalmente no Estado do Rio de Janeiro. O técnico em Segurança do Trabalho pode receber, inicialmente, salário de até R$ 3 mil por mês. Após adquirir experiência no ramo, a remuneração pode chegar a R$ 6 mil. Já Tecnologia da Informação (TI) demanda um grande número de profissionais qualificados. Segundo projeções da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), serão necessários 750 mil novos trabalhadores até 2020 no país. O salário de um profissional técnico em início de carreira pode variar de R$ 2 mil a R$ 3 mil. O Senac RJ oferece diversos cursos na área.

  O curso Técnico em Nutrição e Dietética, lançado em 2013 no Senac RJ, capacita o profissional a atuar em diversos segmentos: produção de refeições, supermercados, hospitais, indústrias de alimentos, consultórios de nutricionistas, spas, hotéis, empresas de aviação, escolas, creches, asilos e até plataformas de petróleo. Pessoas capacitadas na área estão sendo absorvidas por empresas multinacionais e instituições públicas, através de concursos públicos, os mais recentes foram de hospitais das Forças Armadas e de universidades federais e estaduais. A faixa salarial do técnico é em torno de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil na iniciativa privada e chega a R$ 3 mil na iniciativa pública. 

 Bolsas de estudo
 O Senac RJ está com uma campanha de bolsas (de até 50%) para vários cursos técnicos, a inscrição deve ocorrer até o dia 12 de setembro. Os interessados devem comparecer à Unidade mais próxima ou se preferirem podem acessar www.rj.senac.br para saber em qual unidade há o curso de seu interesse e consultar a política de concessão. Mais informações pelo Disque Senac: (21) 4002-2002.

   O Senac RJ
 O Senac RJ é uma instituição de ensino que atua há 69 anos na profissionalização de mão de obra para setor de comércio de bens, serviços e turismo no Estado do Rio. Atualmente, é referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 77% de empregabilidade nos últimos anos, e investe fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho. Com 39 unidades em todo o estado do Rio, de 2010 a 2013 o Senac RJ passou de 13 mil para 81 mil alunos.


Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.

Oficina em comemoração à Independência do Brasil, no TopShopping



Por: Aline Batista
Oficina em comemoração à Independência do Brasil, no TopShopping
 Neste fim de semana, a garotada irá se divertir no TopShopping com mais uma atração no Domingo D+.  Desta vez, acontecerá a oficina da cidadania, em comemoração ao Dia da Independência do Brasil. As crianças irão produzir pequenos bonecos de papel com a bandeira do Brasil, com mensagens de cidadania e solidariedade. O objetivo da atividade é estimular o companheirismo e o respeito ao próximo. O evento acontecerá a partir das 16h, na praça de alimentação, no 2º piso. A entrada é gratuita!

 Serviço:
Data: 06 de setembro.
Horário: a partir das 16h.
Local: Praça de Alimentação – 2º piso.
Entrada gratuita!


O TopShopping está localizado na Av. Governador Roberto Silveira 540, Centro – Nova Iguaçu. Telefone: (21) 2667-1787.


Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.

FIRJAN Nova Iguaçu debate crise hídrica com empresários da Comissão de Itaguaí

Por: Joana Mineiro
FIRJAN Nova Iguaçu debate crise hídrica com empresários da Comissão de Itaguaí
Palestras de especialistas no encontro itinerante tiveram o objetivo de apresentar quadro atual da crise hídrica e unir forças na luta contra a escassez
 Em época de crises hídrica e energética, o tema tem sido pauta dos encontros promovidos pelo Sistema FIRJAN, que oferece às empresas associadas diversos serviços para que possam lidar de maneira mais eficaz com os recursos. Na última reunião da Comissão Municipal FIRJAN/CIRJ Itaguaí, na quarta-feira, dia 2, no SENAI da região, o especialista em Meio Ambiente da Federação, Jorge Peron, apresentou um levantamento que aponta que o setor industrial, responsável por 827 mil empregos diretos, vem fazendo sua parte: nos últimos dois anos, 56,7% das indústrias fluminenses adotaram ações de racionalização do uso da água, o que levou a uma redução de 25,6% no gasto de água nesse período.

 “Devemos capitalizar e potencializar os ensinamentos surgidos nesse período de crise, que não é o primeiro e nem será o último. Assessoradas pelo Sistema FIRJAN, com base em pesquisas e sugestões, as indústrias devem participar efetivamente nas tomadas de decisões junto ao poder público, pois ambos têm papel fundamental nesse processo. A situação é grave e demanda esforço de todos, inclusive da população”, disse Peron, que destacou ainda que, atualmente, a capacidade dos reservatórios da Bacia do Rio Paraíba do Sul é de 7%, contra 18% no mesmo período no ano passado.

 De acordo com Julio Cesar Antunes, engenheiro da Cedae e Assistente de Produção do Guandu, a Cedae já investiu mais de R$ 20 milhões em ações emergenciais e estruturantes, e obras para melhorar a gestão dos reservatórios. Segundo ele, medidas tomadas desde o ano passado já levaram a uma economia de 35% do volume equivalente do Paraíba do Sul: “Se as decisões não tivessem sido tomadas, hoje, o nível dos reservatórios poderia estar negativo em 28%. Nosso planejamento ainda inclui obras para a ampliação da ETA Guandu, setorização e construção de novos reservatórios que não sejam utilizados somente para geração de energia, mas também para fornecimento de água para a agricultura, indústria e abastecimento”. Ele afirmou que a situação só deverá melhorar na Região Sudeste, significativamente, em 2018.

 Diretor da AEDIN, Abílio Faia revelou que as empresas da Associação já investiram R$ 25 milhões em ações emergenciais. Mais investimentos ainda serão feitos para garantir soluções definitivas para o fornecimento de água do distrito industrial: “Desde maio do ano passado, quando começou a crise, as instituições estão se unindo na luta contra a escassez, que já chegou ao estado de São Paulo, mas se continuarmos tomando as medidas certas não chegará ao Rio. A iniciativa da FIRJAN de reunir diferentes esferas da sociedade para tratar da escassez hídrica é de extrema importância, porque os debates podem gerar conhecimentos, parcerias e ideias econômicas. A crise une, e a união gera soluções definitivas”.

 Amsterdam Cristo, um dos diretores do Comitê Guandu e representante do Sindicato dos Mineradores de Areia do Estado do Rio de Janeiro (SIMARJ), revelou que 70% de toda a verba do comitê é destinada a projetos de saneamento básico e 30% a educação ambiental, reflorestamento e outras ações. “Estamos dispostos a formar parcerias com o poder público, entidades e sociedade civil para encararmos a crise. Os encontros promovidos pelo Sistema FIRJAN são sempre relevantes porque ganhamos espaço para expor nossas iniciativas, além de trocar experiências, estreitar relacionamento e multiplicar ações”, enfatizou Amsterdam.

Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

NOVO CÔNSUL DOS ESTADOS UNIDOS NO RIO VISITA ALERJ


Texto de Isabela Cabral
NOVO CÔNSUL DOS ESTADOS UNIDOS NO RIO VISITA ALERJ
 O novo cônsul-geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, Jimmy Story, está otimista em relação aos investimentos internacionais no Brasil. Diante do desafio de dobrar o comércio exterior entre Brasil e EUA nos próximos cinco anos, Story afirma: “Apesar da crise, muitas empresas internacionais apostam no país. Há grandes oportunidades e faz parte do nosso trabalho apoiar as empresas para encontrá-las”. O cônsul fez uma visita ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB) nesta quarta-feira (02/09).

 Segundo o diplomata, que defende uma economia livre, os setores de infraestrutura e petróleo apresentam boas oportunidades. “O Brasil vai investir muito em portos, aeroportos, rodoviárias, estradas. Estando no Rio, falamos muito, na reunião, sobre petróleo. O preço deve continuar baixo, mas, mesmo assim, há espaço. E há outras áreas, como tecnologia e inovação, que as companhias também buscam”, afirmou Story.

 Para Picciani, os norte-americanos percebem que o Brasil está sólido na consolidação de marcos regulatórios. “Querem, é claro, uma economia de mercado, que garanta o que está contratado, e notam que o país está nesse caminho”, disse.

Interlocução
De acordo com Picciani, a Frente Parlamentar Brasil-Estados Unidos poderá ser reinstalada na Alerj. “Há uma interlocução muito oportuna. Ele é um cônsul muito bem informado sobre o Brasil. Traz para nós um ânimo neste momento grave da vida nacional”, disse o parlamentar. O cônsul demonstrou interesse em manter contato e trocar informações com os deputados, especialmente sobre os resultados da CPI da Crise Hídrica, presidida pelo deputado Luiz Paulo (PSDB), que também estava presente ao encontro.

Story mencionou os projetos para brasileiros que desejam estudar nos Estados Unidos, realizados por meio de parcerias públicas e privadas (PPPs). “Temos muitos projetos aqui. Achamos que cada vez que alguém estuda lá a relação se estreita mais. Eu mesmo estudei com um brasileiro na escola e somos amigos até hoje. Aliás, é por isso que sou diplomata”, contou.

Também estiveram na reunião a chefe da Seção Política e Econômica do Consulado Geral dos Estados Unidos, Amy S. Radetsky, e os deputados Geraldo Pudim (PR), Iranildo Campos (PSD), Pedro Fernandes (Solidariedade), Carlos Macedo (PRB), Samuel Malafaia (PSD) e Marcus Vinícius (PTB).


Tecnologia de ponta
Para ler o 1º jornal On Line de Nova Iguaçu, siga à faixa a direita, até o topo, e , clique na capa/miniatura! Gire a rodinha vertical do mouse para ampliar a imagem, e, corra os quadrantes da página com o mouse. Para mudar de página, clique na seta ao lado da folha.