Páginas

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Como lidar com a desobediência

 Professor Carlos Nadalim
Por: Joyce Nogueira
Como lidar com a desobediência
Seu filho é desobediente? Às vezes você tem a sensação de que ele sequer ouve o que você diz? Já não sabe mais o que fazer? Trata-se de uma queixa muito frequente. Alguns especialistas comentam que isso é normal em crianças pequenas e que, na verdade, esses comportamentos podem indicar um problema de comunicação entre pais e filhos.
 Para o professor Carlos Nadalim, coordenador pedagógico e organizador do site “Como Educar seus Filhos” (www.comoeducarseusfilhos.com.br), a obediência das crianças precisa ser conquistada pelos pais. “É possível melhorar o relacionamento com elas, mesmo quando parece ser bem difícil”.
 Para isso, é importante entender como lidar em cada situação. Nadalim diz que muitos pais, por não saberem como reverter um quadro de desobediência ou birra, acabam deixando de lado os acontecimentos ou brigando ainda mais com a criança. “É fundamental que a família saiba como agir diante de cada atitude adversa dos filhos, orientando-os sempre de maneira adequada”.
 A primeira dica de Nadalim para mudar esse quadro é empregar uma linguagem positiva e evitar responder às ações tidas como indisciplinadas sempre de maneira negativa e por meio de ordens. “Se seu filho está correndo dentro de casa, em vez de lhe dizer ‘Pare de correr! Não corra dentro de casa!’, você pode expressar-se de outra maneira, dizendo algo como: ‘Aqui na sala se anda. Lá fora é o lugar de correr!’. Dessa forma a criança entenderá que não é a ação que é proibida, mas o local” - explica. Em casos assim, o “não” pode ser entendido como uma ameaça, o que faz com que a criança se feche.
 Outra dica é tentar trocar o “se” pelo “quando”. Por exemplo, se um pai diz ao filho: “Se você comer toda a salada, vai ganhar a sobremesa”, transmite a ideia de que a criança tem a opção de não comer a salada, embora nesse caso fique sem a sobremesa. Porém, utilizando o “quando”, o foco é outro e cria-se uma expectativa de obediência: “Quando você terminar de comer a salada de brócolis, eu lhe darei a sobremesa”.
 A terceira dica é nunca emitir uma ordem longe de seu filho. Nadalim explica que, primeiro, você deve se aproximar da criança e depois emitir a instrução, sem gritar. Quando o pai ou a mãe berra da sala para o filho que está no quintal “Filho, venha logo! O jantar está pronto!”, esse tipo de postura dá a impressão de que o chamado não é tão importante assim, comenta Carlos. Seria melhor ir ao encontro da criança e, inserindo-se brevemente na atividade em que ela está envolvida, dizer-lhe com firmeza e autoridade que o jantar está servido, fazendo-o, contudo, sem elevar a voz. “Depois do aviso, saia do ambiente onde está seu filho. Ele entenderá que a instrução é realmente séria”.
 A quarta e última dica é respeitar o tempo da criança. “Caso ela esteja brincando e você preparando o jantar, você estabeleceu um objetivo (terminar o jantar), mas seu filho, brincando, também criou objetivos, estabeleceu metas. Você precisa dar-lhe a oportunidade de terminar a atividade para depois obedecer a sua ordem” - ressalta.
 Obviamente o comportamento das crianças não vai mudar da noite para o dia. Mas, empregando com paciência e persistência essas simples alterações na forma de se comunicar com elas, os pais certamente obterão bons resultados.

Link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?list=PL1zvWr_Ty-CPdO6mUDyC7P8RjjlIYa9e1&v=N-0_9UFagKs

Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas

TOPSHOPPING FARÁ SIMULAÇÃO DE INCÊNDIO NESTA QUARTA


TOPSHOPPING FARÁ SIMULAÇÃO DE INCÊNDIO NESTA QUARTA
 Nesta quarta-feira, 07/12, antes do horário de abertura do TopShopping, o 4º Grupamento de Bombeiros de Nova Iguaçu fará um treinamento nas instalações do mall, com simulação de princípio de incêndio e resgate de “vítimas”.
 A ação vai acontecer no primeiro piso e também na área da expansão, inaugurada recentemente.  Desta forma, a equipe passará a conhecer as novas instalações e estará preparada para atuar na atual configuração do shopping.
 O TopShopping está localizado na Av. Governador Roberto Silveira 540, Centro – Nova Iguaçu. Telefone: (21) 2667-178


Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas

FIRJAN: mais da metade das indústrias encerrará atividades com suspensão de incentivos

O presidente da FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, na abertura do debate “O Rio precisa de incentivo”
O vice-presidente da FIRJAN, Sérgio Duarte (ao microfone) durante o debate “O Rio precisa de incentivo”
Por: Joana Mineiro
FIRJAN: mais da metade das indústrias 
encerrará atividades com suspensão de incentivos
 Números indicam risco de novo esvaziamento econômico do estado do Rio
 Pesquisa inédita do Sistema FIRJAN com quase 200 indústrias fluminenses revelou que, no caso da suspensão da política de incentivos fiscais, nove entre dez empresas entrevistadas planejam fazer demissões, e que mais da metade encerraria as atividades no estado. Os resultados foram apresentados durante o debate “O Rio precisa de incentivo”, em parceria com OAB-RJ, hoje, na sede da Federação, onde foram debatidas propostas para evitar um novo ciclo de esvaziamento econômico no Estado – em que a suspensão dos incentivos teria um papel decisivo. “Com a falta de incentivo, e insegurança jurídica com a mudança de regras, as empresas de menor porte vão acabar fechando as portas. As maiores vão demitir ou migrar para outros estados. Uma repetição do que ocorreu em nosso estado nos anos 80, com graves reflexos socioeconômicos”, afirmou o presidente da FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.
 Essa reação do setor empresarial é explicada porque o ambiente de negócios do Rio já está em desvantagem em comparação aos outros estados. Atualmente o Rio ocupa a 8° posição em competitividade, atrás de Minas Gerais, Paraná e São Paulo, em razão de problemas em áreas como infraestrutura, segurança pública e potencial de mercado. Nos próximos três anos os investimentos programados para os municípios com regime tributário diferenciado no estado somam R$ 42,6 bilhões, projetos que podem ser cancelados ou transferidos. Todos os estados brasileiros utilizam incentivos fiscais para atrair investimentos. O prefeito de Três Rios, Vinicius Farah, enumerou os benefícios socioeconômicos para a cidade com a política de incentivos: “A arrecadação de ICMS subiu de R$ 76 milhões em 2009 para R$ 329 milhões em 2016, com a criação de 11.300 empregos diretos”.
 Em apenas seis meses as empresas foram surpreendidas por três medidas que colocam em risco a política de incentivos fiscais do estado e, consequentemente, a sobrevivência dessas empresas em um contexto já de crise econômica e guerra fiscal. Primeiro foi a Lei nº 7.428/2016, de iniciativa governo do Estado, que obriga as empresas a recolherem 10% dos incentivos fiscais para um Fundo de Equilíbrio Fiscal (FEEF).  Depois foi a decisão da Justiça de conceder ao MP liminar determinando a proibição de concessão, ampliação ou renovação de incentivos pelo governo do estado; e por último o PL 1.431/2016, de autoria da Assembleia Legislativa, que proíbe o Estado de conceder ou renovar incentivos por 2 anos.
 “Sem incentivo haverá um empobrecimento da população do interior, onde está a maior concentração de novas indústrias. Como os municípios do interior vão sobreviver sem uma política de incentivos fiscais?”, questionou o vice-presidente da FIRJAN, Sérgio Duarte. “A política de incentivos fiscais está correta, mas precisamos evoluir, tornar mais transparente esse processo, sem penalizar uma política que tem méritos”, disse o secretário de Fazenda do estado do Rio de Janeiro, Gustavo Barbosa. “O problema da crise do estado não é o incentivo fiscal, mas a crescente despesa no orçamento”, completa Barbosa.
 Das 199 empresas entrevistadas pela pesquisa de opinião, 89,6% afirmam que farão demissões se perderem incentivos, o que representa 45.022 empregos em risco. Mais da metade das empresas (52,6%) disseram ainda que irão fechar as portas. Dessas, 60,5% vão se mudar para outros estados, enquanto 39,5% devem encerrar definitivamente suas atividades. 
 Há uma politização do debate sobre os incentivos fiscais, tendo como pano de fundo a crise fiscal do Estado do Rio, sem levar em conta os inegáveis benefícios. Nos últimos anos, mais de 230 indústrias se instalaram no interior fluminense, gerando quase 100 mil empregos de carteira assinada. Como resultado, a arrecadação de ICMS mais que dobrou nos 51 municípios do interior do estado que receberam incentivos fiscais.  Isto gerou a formação de polos industriais e cadeias de fornecedores, comércio e serviços. Só o polo automotivo do Sul Fluminense, que reúne empresas globais, gerou 8 mil empregos entre 2007 e 2015. Os parques industriais de Três Rios e de Queimados criaram cerca de 7 mil empregos cada.
 O Sistema FIRJAN defende que irregularidades devem ser investigadas e tratadas caso a caso, sem servir de pretexto para a suspensão de toda uma política de incentivos fiscais que gera investimentos, emprego, renda e impostos. A Federação acredita que a transparência seja a premissa para a concessão dos incentivos fiscais, e que é preciso aprimorar em conjunto os mecanismos de transparência nas concessões dos incentivos. Durante o evento, o presidente da FIRJAN anunciou também a criação de um fórum, que contará com representantes Governo do Estado, da Alerj, do Judiciário, de entidades da sociedade civil e da área acadêmica, para debater em conjunto soluções contra o esvaziamento da economia fluminense.
 Também participaram do evento os deputados estaduais Luiz Paulo Corrêa da Rocha, presidente da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais da Alerj e um dos autores do PL 1.431; Pedro Fernandes, presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização Financeira e Controle da Assembleia e André Corrêa; além do promotor de Justiça Vinícius Leal Cavalleiro, um dos autores da ação do MP; do secretário de estado de Agricultura e Pecuária, Christino Áureo; e do membro da comissão de assuntos tributários da OAB-RJ, Gustavo Amaral.

Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Tribunal aprova contas de Bornier a destaca investimento acima do teto em Saúde e Educação

Por: Geraldo Perelo Correa
Tribunal aprova contas de Bornier a destaca investimento acima do teto em Saúde e Educação
         A prefeitura de Nova Iguaçu aplicou recursos acima do que é exigido pela Constituição Federal na Saúde e Educação, além de ter também respeitado a Lei de Responsabilidade Fiscal no gasto com pessoal, segundo constatou o Tribunal de Contas do Estado (TCE), que aprovou na semana passada as contas de governo do prefeito Nelson Bornier, referente ao exercício de 2015.
         O colegiado da Corte de Contas acompanhou, por unanimidade, o voto da conselheira relatora do processo, Marianna Willeman, e aceitou o parecer prévio das contas da prefeitura iguaçuana, que, a exemplo das demais cidades brasileiras, também vem enfrentando uma grave crise financeira nos últimos dois anos.
         Em 2015, a prefeitura trabalhou com a previsão inicial, orçamentária, de arrecadar R$ 1.459.888.438,00. No entanto, apenas R$ 1.198.866.531,23, ou menos 17,88% entraram nos cofres municipais.
         Levantamento do TCE mostra que o prefeito Nelson Bornier não ultrapassou o limite máximo exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal com pagamento de pessoal, que é de 54% da Receita Corrente Líquida. No terceiro quadrimestre de 2015, a folha consumiu apenas 53,67%. A diferença dos gastos com funcionários da prefeitura, entre 2014 e 1015, foi de menos 5,58%.
      
         INVESTIMENTO MAIOR EM EDUCAÇÃO E SAÚDE
         O governo do prefeito Nelson Bornier teve também bom desempenho em relação aos gastos com Educação, em 2015, que foi de R$ 137.354.428,02, o equivalente a 30.08% da receita com impostos e transferências.
         Para o Tribunal de Contas do Estado, o resultado alcançado com gastos na manutenção e desenvolvimento do ensino de Nova Iguaçu demonstrou que o município aplicou acima da cota mínima exigida pela Constituição Federal, que fixa em 25% do valor da arrecadação.
         Na prestação de contas ao TCE, a prefeitura de Nova Iguaçu demonstrou aplicação de R$ 162.061.743,66 no pagamento da remuneração dos profissionais que atuam no ensino básico (infantil e fundamental). O volume de recursos corresponde a 75,62% dos recursos recebidos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), ficando acima do valor mínimo preconizado pelo Artigo 22 da Lei Federal nº 11.497/07, que é de 60%.
         A prefeitura de Nova Iguaçu destinou ainda R$ 90.725.973,99 às ações e serviços de saúde, o equivalente a 19,99% das receitas de impostos e transferências, ficando acima dos 15% fixados na Lei Complementar nº141/12, que regulamenta a Constituição Federal, fixando os valores mínimos a serem aplicados anualmente pela União, Estados, Municípios e o Distrito Federal.
         Para o prefeito Nelson Bornier, o seu governo priorizou educação e saúde, sem deixar de atender aos anseios da população em outras áreas também importantes para a qualidade de vida da população, como o social, a infraestrutura, habitação, transporte e meio ambiente.
         “Mesmo com todas as graves dificuldades que estamos enfrentando até os dias de hoje, tenho a consciência do dever cumprido. Poderíamos ter feito mais, não fossem as adversidades conjunturais que nos impediram de levar ainda mais benefícios à população”, explicou o prefeito Nelson Bornier.


Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas

OAB Nova Iguaçu/Mesquita promove confraternização de fim de ano

Por: ASCOM
OAB Nova Iguaçu/Mesquita promove confraternização de fim de ano
A 1ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Nova Iguaçu/Mesquita irá realizar no próximo dia 20, a partir das 20hs, uma grande festa de fim de ano, organizada pela Comissão de Eventos, com a participação de advogados, amigos e familiares em Nova Iguaçu.
 O evento será realizado no requintado Salão de Festas Hollywood, localizado no restaurante La Dolce Vita, um dos mais badalados de Nova Iguaçu, localizado na Rua Coronel Francisco Soares, nº 1528 - Centro, esquina com Rodovia Presidente Dutra.
 Os convites são limitados, individuais, por adesão e darão direito ao serviço completo de buffet, com bebidas (sucos, refrigerantes, água, chopp e coquetéis), entradas, jantar e sobremesa. Haverá também DJ agitando a galera presente. Além disso, o espaço conta com um amplo estacionamento e a casa oferece excelentes condições de segurança à todos.
 Os interessados em garantir suas entradas, devem procurar as salas da OAB nos Fóruns (Nova Iguaçu e Mesquita) e na Justiça do Trabalho (Nova Iguaçu) entre os dias 05 e 16/12. Serão disponibilizados apenas 250 convites, pois é o limite de lotação do salão de festas. No dia do evento, só serão oferecidos convites caso haja disponibilidade. Mais informações 2765-5500 ou no evento no link: facebook.com/events/1167993703236142/

Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas

Secretário entrega chave da cidade ao Papai Noel na abertura do Natal em Nova Iguaçu

 Na foto1: Luiz Antunes, Papai Noel, Dra. Cláudia Valéria Mello, Allyrio Mello, Décio Lima, Renato Jardim e sua filha, Julya
 Dra. Cláudia Valéria Mello, Allyrio Mello e Luiz Antunes
Por: Rafael Marinho/ Fotos: Lucinha Germano
Secretário entrega chave da cidade ao Papai Noel na abertura do Natal em Nova Iguaçu
 Na manhã deste sábado (03) foi realizado um evento especial em Nova Iguaçu que marcou o início do período natalino na cidade. A cerimônia foi promovida pela Associação Comercial e Industrial de Nova Iguaçu (ACINI), em parceria com a Câmara de Dirigentes e Lojistas de Nova Iguaçu (CDL/NI), Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Nova Iguaçu e Região (SINCOVANI), Sebrae/RJ, com apoio da Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Secretaria de Defesa Civil e Ordem Urbana, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.
 A abertura do Natal 2016, iniciou a campanha O Natal mais bonito é Nova Iguaçu e contou com a apresentação do Coral da Prolar, Coral do Nova Iguaçu Country Club, Vozes de Nova Iguaçu e o coral da Igreja Adventista de Ponto Chic. Além do violinista Allyrio Mello, que numa apresentação sensacional sacudiu e emocionou o público presente com clássicos da MPB e até mesmo funk, como Claudinho e Bochecha. E claro que não podia faltar clássicos natalinos.
 Representando o prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier, o secretário de Defesa Civil e Ordem Urbana, Luiz Antunes, foi o responsável pelo ato simbólico da entrega das chaves da cidade de Nova Iguaçu ao Papai Noel. "Quero parabenizar a todos que colaboraram para a realização desta linda e emocionante festa. O espírito natalino se fez presente com esse ato simbólico da entrega da chave. Ver a alegria de cada pessoa naquele momento foi bastante contagiante. Estão todos de parabéns! Vamos seguir trabalhando com Deus no comando para colaborar para garantir assistência e suporte a população iguaçuana".
 O evento teve como cerimonialista um dos maiores nome no ramo, Claudio Moura, que fez a condução de forma impecável e contou com a presença de personalidades como o idealizador do evento, Renato Jardim, que é Presidente da ACINI; também esteve presente Décio Lima, Coordenador da Regional Baixada I/Sebrae/RJ, da Juíza Federal Cláudia Valéria Mello, que é esposa do violinista Allyrio Mello, além de militares representantes do 20º BPM e 4º GBM.
 O ápice do evento foi quando Papai Noel fez a alegria da criançada, posando gratuitamente para fotos com os pequenos, contribuindo com lembranças de amor e carinho que levarão para toda vida.

Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas

Liga de Desportos de Nova Iguaçu - Competições em andamento

Por: Luiz Carlos Pina
Liga de Desportos de Nova Iguaçu - Competições em andamento
Campeonato Iguaçuano de Futebol Sub - 13
Final jogo de ida dia 03 de dezembro de 2016
Bayer EC 1 x 1 Nova Iguaçu FC – campo do Bayer ás 8:30 h.
Bayer e Nova Iguaçu empatam no primeiro jogo da final
 Na manhã deste sábado 03 de dezembro, foi disputada a primeira partida da decisão do Campeonato Iguaçuano de Futebol na categoria Sub-13, Bayer e Nova Iguaçu, ficaram no empate em 1 x 1, em jogo disputado no campo do Bayer em Belford Roxo.
 O primeiro tempo mesmo terminando sem gols foi bastante movimentado, com o Nova Iguaçu mantendo por mais tempo a posse de bola, mas finalizando pouco a meta adversária. O Bayer, com seus jogadores bem postados em campo, tentando explorar as jogadas rápidas de ataque.
 Na etapa final o Nova Iguaçu abriu o placar aos 20 minutos, em um belo gol marcado pelo lateral esquerdo Marquinhos, após driblar três adversários, e de dentro da área 'bater' forte no ângulo esquerdo do goleiro Arthur, que nada pode fazer, deixado a equipe Laranja em vantagem.
 O empate do Bayer,  aconteceu aos 38 minutos, já no período dos acréscimos, com Marcelo cruzando na área, tendo a bola passado por vários atletas, sem ser tocada, entrando no canto direito de Kayky, com o partida terminando empatada em 1 x 1 ficando tudo em aberto para o segundo jogo da final.
 A partida de volta que vai definir o campeão Sub-13 de 2016, entre Nova Iguaçu x Bayer, será disputado no próximo sábado, 10 de dezembro, ás 10 horas no CT do Nova Iguaçu. Para ficar com o titulo o Bayer vai precisar vencer por qualquer placar o jogo de volta. O Nova Iguaçu entrará em campo com a vantagem do empate para ser campeão.

Ficha Técnica
Bayer EC 1 x 1 Nova Iguaçu FC
Local – campo do Bayer EC em Belford Roxo
Arbitro – Claudio Medeiros
Assistente 1 – Renato Xavier
Assistente 2 – Diego Rocha
Cartão Amarelo – Patrick (Bayer) e Marquinhos (Nova Iguaçu).
Equipes
Bayer EC – Arthur; Vinicius (Mario), Patrick, Matheus e Iago; Gabriel, Deivid (Marcelo), Jonathan (Gabriel Silva) e Bruno; Alef e Kauã (Matheus Martins). Treinador: Leandro Rocha.
Nova Iguaçu FC – Kayky; Ruan, Matheus, Vinicius e Marquinhos; Erick (Nathan), João e João Vitor (Luiz Antonio), Dilan; Arthur (Lucas) e Mailson (Matheus Nunes). Treinador: Ronaldo Silva.


Taça Cidade de Nova Iguaçu de Futebol Sub-16
Semifinal jogo de volta dia 03 de dezembro de 2016
Santa Rita FC 0 x 1 Fogo Azul FC – campo do Grêmio Cantão ás 15:00 h.
Fogo Azul vence e vai decidir com Aliados/Olé 
 Na partida de volta válida pela fase semifinal da Taça Cidade de Nova Iguaçu de Futebol na categoria Sub-16, disputada no campo do Grêmio, o Santa Rita foi derrotado pelo Fogo Azul, pelo placar de 1 x 0, gol marcado pelo atacante João Pedro, garantindo classificação para decisão da competição com o Aliados/Olé, que já havia conquistado a vaga. No jogo de ida o Fogo Azul venceu o Santa Rita por 4 x 1.
 A final da Taça Cidade de Nova Iguaçu de Futebol Sub-16 entre Fogo Azul x Aliados/Olé, será disputada em partida única, com as duas equipes precisando da vitória no tempo normal para ser campeão. Ocorrendo um empate ao final dos 90 minutos, a decisão vai para as cobranças de pênaltis.
 O Fogo Azul depois de um começo ruim terminando a 1ª fase na quarta colocação, passou pelo Morro Agudo, nas oitavas, com uma vitória por 4 x 0, e, sendo derrotado no jogo de volta por 5 x 4. Nas quartas o adversário foi o Aymoré, vencendo as duas partidas por 4 x 3 e 3 x 2, respectivamente, e na semifinal eliminou o Santa Rita, também com duas vitórias. O principal goleador da equipe até o momento é João Pedro com seis gols.
 O Aliados/Olé. ficou com a segunda colocação na 1ª fase da Taça Cidade, enfrentando o Parque Ipanema nas oitavas. saindo vencedor das duas partidas por 3 x 2 e 2 x 1. Nas quartas o adversário foi o EC Otaciano. perdendo o jogo de ida por 2 x 1, e na volta ficou com a vaga com uma vitória por 4 x 2. Na semifinal o adversário foi o Celecau. com a primeira partida terminando empatada em 3 x 3, com o Aliados/Olé buscando a vaga na decisão no campo do Brasil Industrial. com uma grande vitória por 3 x 1. O atacante Alexandre é o artilheiro da competição com 8 gols.


Tecnologia de Ponta
Para ler o 1º jornal On Line da Baixada Fluminense, siga a faixa laranja à direita, até o topo, e, clique na capa miniatura. Aguarde uns segundos, e, após abri-la, para aumentar a dimensão, use o 'mause' numa bolinha sobre linha horizontal, fazendo com que corra para a direita . Depois é só correr o mause nos quadrantes das páginas. Para mudar de página clique nas setas ao lado das páginas