Páginas

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

ECONOMIASem o PT para roubar Petrobras tem maior lucro da história em 2019

ECONOMIA

Sem o PT para roubar Petrobras tem maior lucro da história em 2019

Petrobras tem lucro de R$ 40,1 bilhões em 2019. Resultado foi puxado por desinvestimentos.
Petrobras informou, nesta quarta-feira (19), que registrou lucro líquido de R$ 40,137 bilhões em 2019.
O resultado representa um crescimento de 55,7% no lucro na comparação com o ano anterior.
De acordo com a estatal, esse foi o maior lucro nominal — sem considerar a inflação — da história da companhia.
No ano, o lucro da estatal antes de juros, impostos, depreciação e amortização chegou a R$ 129,249 bilhões, aumento de 12,5% em relação a 2018.
Em nota à imprensa, a Petrobras ainda informou que o seu valor de mercado cresceu 25%, passando de US$ 80,9 bilhões no final de 2018 para US$ 101,1 bilhões em dezembro de 2019.
Informação RENOVA.
Foi o PT, o partido do povo, dos pobres, ou melhor dos miseráveis! O principal objetivo do PT sempre foi fazer o povo miserável e ignorante, sempre colocando a culpa no capitalismo, para escravizá-lo. É muito mais fácil dominar um povo ignorante! Durante o governo PT as livrarias sumiram, a educação é a pior da história o que colocou-a no ranking mundial entre os últimos lugares. A cultura na gestão petista é ignóbil e obscena, concitando sempre à prostituição, e, o desenlace familiar, para a consolidação do atraso, para viabilizar o implemento da escravidão comunista! Não fosse os militares, hoje , nós brasileiros estaríamos" numa 'Venezuela'!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

E, os animais abandonados?

 E os animais abandonados?
Eis que é chegada a hora dos animais serem tratados
 como criaturas (advindas do criador) 
  Muito se vê pelas ruas, praças de bairros e cidades, animais domésticos (principalmente canídeos) vagando, em completo estado de abandono. Não obstante às adversidades que os afligem: pulguentos, mal cheirosos, feridos, e, em muitos momentos impotentes ao interagir com as coisas do mundo, estes animaizinhos de quatro patas, estão sempre calmos e com expressão de simpatia, cumprindo seus destinos 'abanando' suas caudas com 'tickts' de satisfação, ao tempo em que dirigem as sensíveis narinas para múltiplas direções, na busca incessante do cheiro que mais lhe interessa: o da comida que irá saciar-lhes à malfadada fome. Na verdade pouco lhes restam em termos de opção, mas, mesmo assim a cauda impertinente não para de badalar dando sinais de continuada alegria. Não atacam nada nem ninguém, posto que, são eminentemente mansos, e estão sempre na expectativa de receber um afago qualquer, de qualquer um que seja, preferencialmente, na forma de alimento! 
   Meio que alheios ao drama vivido pelos animais, por motivos justificados ou não, os excelentíssimos cidadãos dos Poderes da República, que muito poderiam contribuir para que medidas sejam tomadas no sentido de se conceder maior assistência para tais seres especificados como 'animais doméstico', mesmo os não abandonados, via de regra não estão nem aí para as tais criaturas entregues às suas 'própria sorte'. "Ora! Afinal de contas são bichos, apenas bichos, meros bichos, nada mais que bichos" - tudo indica, devem assim pensar os poderosos senhores. Daí, do 'alto' de seus 'status', fazerem 'vista grossa' para o drama que vivem os cães e gatos sem dono e, até, os com dono quando são acometidos de doenças e não têm uma clínica ou um hospital público para os socorrerem! 
  Mas, cá pra nós, se estes  Ilustríssimos Senhores dos três Poderes fossem realmente pessoas ilibadas e de certa forma 'iluminadas', como a maioria tenta nos fazer supor, de certo, concederiam aos  aludidos animais irracionais uma certa prioridade, até, em relação aos humanos, na hora da fome e da doença 'baterem às suas portas', posto que, encontram-se dotados, comparando-os com os humanos, de menor grau de discernimento, autossuficiência e autonomia social. Para ser mais preciso estar-se-ia usando, à priori e, ainda, a título de justiça, uma "Lei Cósmica" de certo modo irreversível - Lei da Compensação. Ou seja: "para compensar seu atraso, deveríamos promover maior grau de assistência à eles!

 Sistema de Assistência Social aos bichos 
                          Internato para animais abandonados 
  Pelo dito e pelo não dito, deixo aqui uma sugestão baseado na lógica! Que tal um Sistema de Saúde, semelhante ao implementado para os humanos (SUS), com: Pronto Socorro, Clínica, Hospital, e, com veterinários em lugar de médicos. E, ainda, com sítios especializados onde os animais sem dono pudessem viver sem sofrimento e com assistência adequada.  
   Estes locais, à luz da necessidade, serviriam, ainda, para castração de gatas e cadelas de acordo com a conveniência, considerando-se à necessidade de controle da população animal de cada município e o índice de interesse da população em adotá-los
   Moradia
  Além de clínicas e hospitais edificados em áreas próximas ás sedes dos municípios, que tal a implementação em sítios e fazendas alocadas pelo governo ou não? Estes locais seriam verdadeiros paraísos residenciais para gatos e cães sem dono e abandonados, onde equipes de funcionários devidamente preparados para este tipo de atividade prestaria total assistência aos animais. Para estes abrigos, seriam conduzidos os animais encontrados vagando pelas ruas de bairros, e recolhidos por funcionários apetrechados das famosas 'Carrocinhas de Cachorro'. Estes paraísos teriam uma adequada e eficiente estrutura para receberem seus hóspedes, como se fossem uma acolhedora creche para cães e gatos. Teriam enfermaria, pistas para exercícios, cozinha e se for o caso uma pequena fábrica de ração,... Seria, ainda, o lugar onde as pessoas habilitadas, que assim o quisessem, se dirigiriam para adotar um animal de sua preferencia!



   Se fizermos comparação entre um ser humano(adulto) e morador de rua com um animal doméstico abandonado( adulto) em igualdade de condições, no quesito habilidade para a obtenção de comida, está claro que, para o ser humano fica muito mais fácil obter o necessário êxito. Se não vejamos: Os seres humanos, mesmo os mais limitados mental e fisicamente, podem: Comprar, pedir, se apropriar, plantar... Já, usando como exemplo, um cão ou um gato esfomeado, de certo, concluir-se-a que, vão encontrar muito mais obstáculos para 'conseguirem comida´! No caso da comparação dizer respeito, ainda, entre  humanos e animais domésticos(tomando como exemplo, ainda, (cães e gatos), com relação, agora, ao atendimento de saúde, então, a dificuldade será, ainda, maior para os de quatro patas. Já imaginaram a dificuldade de um gato sem dono precisando de veterinário? Pra início de conversa ele nem sabe o que é veterinário e muito menos onde encontrá-lo! Já um ser humano com problemas de saúde  é só se dirigir a um posto médico que poderá ser medicado! Daí entendermos que um animal doméstico, por absoluta deficiência, principalmente, no âmbito da comunicação, precisa de mais atenção, compreensão, e, mais ajuda por parte do "Estado", até do que um ser humano! Lembrando que ambos são criatura de Deus! Mas será que os animais irracionais estão recebendo de parte do homem, que na verdade é o 'gerente do planeta', a deferência que um ser superior deveria dispensar a um outro ser menos evoluído? Não, óbvio que não estão! Por pior que esteja a "Saúde" para o humano, para os animais doméstico está ainda muito pior! Isso só pode aviltar duplamente o ser humano: Por não ter uma sistema de saúde decente para os próprios humanos e por não ter sistema de Saúde nenhum para os animais, notadamente para os animais domésticos!

   A luz da lógica de uma Lei Universal irreversível - LEI DE CAUSA E EFEITO - garante que, a situação das pessoas no planeta irá melhorar acentuadamente na medida em que os cidadãos tomarem responsabilidade para com as coisas do universo, notadamente com os seres que apresentam menor autonomia, no caso, os animais irracionais do planeta! Certa vez, um sábio "matuto velho", que "tocava" o gado, com indumentária original - sem camisa, descalço e com às "pernas" das calças arregaçadas, entrevistado por uma célebre jornalista, quando perguntado sobre o tema 'ajuda ao próximo', respondeu de chofre: "A vida é os mais bão ajudando os menos bão!". Não importava a ele se o menos bão era animal irracional ou racional! O que ele queria dizer é que quando um ser qualquer precisa-se de socorro, seria importante que houvesse atendimento e meios para atendê-lo.   



   Urge que governos, seja lá a nível municipal, estadual ou federal, prestem assistência e se dignem a providenciar locais adequados para acolherem os animais sem teto, e, ainda, clínicas e hospitais para ambos - abandonados e não abandonados. 
     Não é mais possível admitir que, em pleno século XXI, os seres humanos, principalmente os políticos com mandato, não fiquem constrangidos  e com a 'consciência pesada' ao saberem que um animal passa fome, e, que não há sistema de clínica específica,  para atendê-lo em momento de adversidade. 
     
    A luz da lógica de uma Lei Universal irreversível - LEI DE CAUSA E EFEITO - garante que, a situação das pessoas no planeta irá melhorar acentuadamente na medida em que os cidadãos tomarem responsabilidade para com as coisas do universo, notadamente com os seres que apresentam menor autonomia, no caso, os animais irracionais do planeta! Certa vez, um sábio "matuto velho", que "tocava" o gado, com indumentária original - sem camisa, descalço e com às "pernas" das calças arregaçadas, entrevistado por uma célebre jornalista, quando perguntado sobre o tema 'ajuda ao próximo', respondeu de chofre: "A vida é os mais bão ajudando os menos bão!". Não importava a ele se o menos bão era animal irracional ou racional! O que ele queria dizer é que quando um ser qualquer precisa-se de socorro, seria importante que houvesse atendimento e meios para atendê-lo.  

necessidades básicas mais, como atendimento veterinário na mesma urgência que os concedidos aos humanos, quando o planeta produz alimento para todas as espécies; incrementos e ciência e tecnologia até certo ponto avançadas!

   

Carrocinha de Cachorro
           Após a edificação de clínicas e hospitais                  

Hospitais e Clínicas

                       Para a saúde dos animais domésticos, sugerimos que clínicas sejam implementadas em algumas Regiões Administrativas ou Distritos e um Hospital Federal para animais domésticos para cães e gatos, para cada três municípios próximos. Importante se considerar ou se criar estudos com relação á senso sobre animais domésticos nas populações  para que se possa criar perspectivas em relação às necessidades de assistência total aos animais domésticos. 


os quais, segundo a ciência mais espiritualizada, são classificados como seres em evolução e, em estado mais primitivo em relação ao 'homem Sapiens'. Na verdade isto não vem ao caso, 


    Urge que governos, seja lá a nível municipal, estadual ou federal, prestem assistência e se dignem a providenciar locais adequados para acolherem os animais sem teto, e, ainda, clínicas e hospitais para ambos - abandonados e não abandonados. 

     Não é mais possível admitir que, em pleno século XXI, os seres humanos, principalmente os políticos com mandato, não fiquem constrangidos  e com a 'consciência pesada' ao saberem que um animal passa fome, e, que não há sistema de clínica específica,  para atendê-lo em momento de adversidade.