Páginas

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Festa do Aipim com acessibilidade

Fotos: Divulgação
Festa do Aipim com acessibilidade
A Festa do Aipim, que começa nesta sexta-feira (01-08), ganhou um componente social: a acessibilidade. Na quarta-feira (31-07), o subsecretário municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Valnei Costa, visitou o local do evento, em Tinguá, e verificou as mudanças que foram feitas.

Valnei Costa, que estava acompanhado dos secretários Luiz Antunes (Defesa Civil e Ordem Pública) e Wagner D’Almeida (Cultura), destacou que a questão da acessibilidade foi respeitada pelos organizadores. “Todas as Pessoas com deficiência podem participar do evento com tranquilidade e segurança, pois o evento conta com local especifico  próximo ao palco  para pessoas com deficiência, e banheiro com acessibilidade. Isso é um avanço”, comemorou Valnei. 

 Passarelas
Valnei Costa também está vistoriando as passarelas do município. A primeira foi a que fica próxima ao viaduto do hipermercado Atacadão, na Rodovia Presidente Dutra.

De acordo com Valnei, o objetivo é implantar um dispositivo que impeça a passagem de motos, facilitando assim a vida dos cadeirantes, carrinhos de bebês e pessoas com obesidade mórbida.

A vistoria é feita em parceria com a CCR Nova Dutra e com a Secretaria Municipal de Defesa Civil e Ordem Pública.

Com profundo pesar anunciamos a passagem de Luiz José Ventura


Por: Imprensa Nova Iguaçu
Vítima de câncer, morreu às 6 horas de hoje, no Hospital da Posse, Luiz José Ventura , 50 anos, motorista há 25 anos do prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier. Luiz será sepultado às 16 horas de hoje (31) no cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita. 

Luiz nasceu em Carpina, no interior de Pernambuco. Ele era casado com Alessandra Cathould, com quem teve uma filha, Natália, de 12 anos. Consternado com a morte de Luiz, Nelson Bornier cancelou todas as audiências para prestar solidariedade à família de seu motorista e amigo.
mília de seu motorista e amigo.

Nova Iguaçu implanta programa “10 minutos contra a dengue”

Por: Raphael Bittencourt Fotos: Everton Barsan
Nova Iguaçu implanta programa “10 minutos contra a dengue”
Em Comendador Soares, os agentes visitaram quase seis mil residências; nesta quinta-feira (31) é a vez do bairro Nova Era receber os profissionais
A Prefeitura de Nova Iguaçu está implantando a campanha “10 minutos contra a dengue” do governo do estado na cidade. A ação teve início no bairro de Comendador Soares, no qual 78 agentes de endemias percorreram as ruas visitando 5.800 residências e estabelecimentos comerciais. Além de vistoriar os locais, os profissionais apresentaram a proposta do programa, no qual os moradores são sensibilizados a utilizar 10 minutos ao longo da semana para checar a existência de possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypt, o transmissor da dengue,  nos quintais, caixas d’água ou vasos de planta, por exemplo. Nesta quinta-feira (31), os profissionais visitarão os moradores do bairro Nova Era. 

Graças ao trabalho realizado ao longo dos meses, a cidade conseguiu reduzir os casos de dengue em 94,3%. Em 2013, entre janeiro e junho foram confirmados 640 casos da doença, já em 2014, no mesmo período, houve 37 confirmações. Apesar do avanço, o secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, aposta na continuidade do trabalho de conscientização. “Com a dengue não se brinca, por isso, mesmo com a redução de casos, precisamos nos manter alertas e para isso, é fundamental que a sociedade esteja engajada”, afirmou.    

Dona Maria de Lima Alves, 70 anos, lembra bem dos sintomas desagradáveis que a dengue provocou nela e no filho há alguns anos. Os agentes que a visitaram ficaram satisfeitos com o que viram: vasilhames fechados e nenhum foco do mosquito. “Eu tenho pavor da dengue porque sei o quanto ficamos debilitados com essa doença, que pode até matar. Tenho muito cuidado para que minha casa permaneça sempre livre do mosquito”, disse a moradora de Comendador Soares. 

Em 2014 os agentes de Vigilância Ambiental visitaram 660.924 imóveis. As equipes fiscalizam periodicamente 347 pontos considerados estratégicos para a proliferação do mosquito e aplicam larvicidas. A cada 15 dias, todos estes locais são visitados. Os agentes também percorrem os bairros e retiram pneus em terrenos abandonados e em borracharias. Em média, 500 unidades são recolhidas por dia.  

Além disso, a Prefeitura está apostando em oficinas e capacitações tanto para funcionários quanto para alunos das redes municipal, estadual e particular. A meta é que até julho de 2015, 100 mil alunos de Nova Iguaçu já tenham participado das palestras educativas.



Por: ASCOM
Reforço para saúde de Nova Iguaçu
A Secretaria Municipal de Administração (Semad) de Nova Iguaçu publicou em Diário Oficial do Município desta quinta-feira (31), a convocação de 92 profissionais na área da saúde aprovados em concurso público nas especialidades de enfermagem, farmácia, emergência, radiologia, maqueiro, almoxarifado, entre outros cargos.

Os candidatos devem comparecer à Secretaria Municipal de Administração nos dias 4, 5 e 6, de 9h às 16h e apresentar os seguintes documentos: identidade original, CPF; título de eleitor e comprovante de quitação com as obrigações eleitorais; certificado de reservista, para o sexo masculino; diploma de conclusão com habilitação para a vaga pretendida ou certidão de conclusão de curso; declaração de experiência profissional em papel timbrado e/ou carteira de trabalho; comprovante de carga horária do CNES – Cadastro Nacional de estabelecimento de Saúde atualizado (Base Nacional) e o atestado de saúde física e mental. Uma das exigências é que candidato não poderá ter sofrido a penalidade de demissão “a bem do serviço público” nas esferas federal, estadual ou municipal da Administração direta ou indireta.

No ato da convocação o candidato que não apresentar os documentos citados acima será eliminado do processo seletivo. A Secretaria fica localizada na Rua Antônio Wilman, n° 403, Moquetá. Mais informações pelos telefones: 2669-2005/2768-9182

Festival Gastronômico de Tinguá terá mega operação de trânsito

Por: Paulo Cezar Pereira
Festival Gastronômico de Tinguá terá mega operação de trânsito
Os acessos de chegada e saída para o Festival Gastronômico de Tinguá, conhecida como a tradicional festa do aipim, contará com novidades para facilitar as quatro vias de acesso até o evento. A principal delas, a Estrada Federal, passou por obras de revitalização, a iluminação foi trocada pela prefeitura e as árvores da estrada foram podadas para evitar acidentes. O acesso poderá ser realizado por carros de passeio que contarão com um estacionamento gratuito para 5 mil carros ou por ônibus cadastrados que deixarão na porta do evento. A festança começou ontem à noite (30) com um concurso gastronômico no restaurante Jequitibá e vai até o dia 17 de agosto. A prefeitura não está gastando um só centavo com o festival, apenas apoiando os organizadores do evento.

 Agentes da secretária de Defesa Civil e Ordem Pública e soldados do 20º BPM também foram convocados para garantir a segurança de milhares de pessoas que estão confirmando participação nas duas semanas do evento.

O secretário de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Rubens Borborema, informou que a entrada de vans e ônibus não registrados será proibida.  A frota de ônibus no horário de pico entrada e saída de shows contarão com a presença de 45 ônibus.

 A Secretária de Trânsito de Nova Iguaçu preparou um esquema com 35 agentes para operar o trânsito ao longo das quatro vias de acesso a Tinguá, haverá mais 10 agentes para fiscalizar e ajudar na organização da chegada e partida dos ônibus do evento, carros. Vale além de 20 operadores dentro do estacionamento que tem capacidade para 5 mil vagas.

 Rubens Borborema ressaltou que dois painéis eletrônicos informando o sentido das vias de mão única ou dupla serão colocados na Estrada Federal. “O objetivo de incluir essa sinalizaçã.o é facilitar e informar o acesso ao festival e na saída do mesmo” disse Borborema

Pastor se disfarça de mendigo antes de pregação e veja o que aconteceu


Está na Internet
Davi Morgado com Felipe Oliveira e outras 3 pessoas
COMPARTILHE !!!
Pastor se disfarça de mendigo antes de pregação e veja o que aconteceu
O pastor Joao Luiz Gimenes Reis Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam "oi" para ele.
O pastor Joao Luiz Gimenes Reis se disfarçou de mendigo e foi a igreja de 10 mil membros onde ia ser apresentado como pastor principal pela manhã. Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam "oi" para ele. Para algumas pessoas, ele pediu moedas para comprar comida. Ninguém na Igreja lhe deu algo. Entrou no templo e tentou sentar-se na parte da frente, mas os diáconos o pediram que ele se sentasse na parte de trás da igreja. Ele cumprimentava as pessoas que o devolviam olhares sujos e de julgamento ao olhá-lo de cima à baixo.

Enquanto estava sentado na parte de trás da igreja, escutou os anuncios do culto e logo em seguida a liderança subiu ao altar e anunciaram que se sentiam emocionados em apresentar o novo pastor da congreação: "Gostariamos de apresentar à vocês o Pastor Joao Luiz Gimenes Reis". As pessoas olharam ao redor aplaudindo com alegria e ansiedade. Foi quando o homem sem lar, o mendigo que se sentava nos últimos bancos, se colocou em pé e começou a caminhar pelo corredor. Os aplausos pararam. E todos o olhavam. Ele se aproximou do altar e pegou o microfone. Conteve-se por um momento e falou:

“Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’. “Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’ “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’."

Depois de haver recitado o texto de Mateus 25:34-40, olhou a congregação e lhes contou tudo que havia experimentado aquela manhã. Muitos começaram a chorar, muitas cabeças se inclinaram pela vergonha. O pastor disse então: "Hoje vejo uma reunião de pessoas, não a Igreja de Jesus Cristo. O mundo tem pessoas suficientes, mas não suficientes discípulos. Quando vocês se tornarão discípulos?". Logo depois, encerrou o culto e despediu-se: "Até semana que vem"! Ser cristão é mais que algo que você defende. É algo que vive e compartilha com outras pessoas.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Nova Iguaçu debate Saúde em Conferência Municipal nesta sexta-feira (01)

Raphael Bittencourt
Nova Iguaçu debate Saúde em Conferência Municipal nesta sexta-feira (01)
O evento vai reunir cerca de 300 pessoas no auditório da Universidade Iguaçu (Unig)
 Conselheiros municipais, profissionais de saúde, gestores e a sociedade em geral vão discutir os avanços da Saúde de Nova Iguaçu durante a IX Conferência Municipal de Saúde, que acontecerá nesta sexta-feira (01), no auditório da Universidade Iguaçu (Unig). Com o tema “O SUS: Balanço das Conquistas e Fortalecimento das Lutas na Saúde”, os segmentos da sociedade local terão a oportunidade de conferir os avanços na área e as ações que estão contribuindo para o fortalecimento das políticas públicas em saúde.

O encontro contará também com a presença do prefeito Nelson Bornier. Entre os temas abordados na Conferência estão os avanços no Hospital da Posse, a reabertura e ampliação da Maternidade Mariana Bulhões, os investimentos em saúde preventiva, a parceria com o governo estadual e a posse do novo Conselho Municipal de Saúde, que aconteceu em abril deste ano.  

Para o secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, o tema da Conferência é importante para que os representantes da sociedade possam ter um panorama geral de todos os avanços que estão acontecendo na Saúde de Nova Iguaçu.
“Em um ano e meio de gestão o prefeito Nelson Bornier já conseguiu dar uma virada na Saúde de Nova Iguaçu investindo em estrutura, capacitação, valorização dos profissionais com o objetivo maior de humanizar o atendimento. Ainda há muito a fazer e vamos juntos discutir os próximos passos”, explicou.

A Conferência será realizada  nesta sexta-feira (01), das 9h às 17h. As inscrições para o evento estão sendo feitas na Subsecretária dos Conselhos, situada na Av. Nilo Peçanha, 476, Centro, Nova Iguaçu.


Atleta de Nova Iguaçu a caminho da China


O Secretário de Esporte, Adriano Santos com a atleta Emily Rosa ao lado do Prefeito Nelson Bornier. 
Por: ASCOM Fotos: Thiago Loureiro
Atleta de Nova Iguaçu a caminho da China
Ao se despedir do Prefeito Nelson Bornier e agradecer a “força” que ele deu para sua viagem à China, Emily Rosa, a jovem levantadora de peso e moradora no bairro do Ambaí, Nova Iguaçu, abriu seu coração. Ansiosa, ela falou da expectativa de seguir viagem, já neste domingo (3), rumo a Nanjing, local da competição.

De malas prontas para disputar a segunda edição dos Jogos Olímpicos da Juventude para a categoria sub-17, (entre 16 a 21 de agosto), Emily se emociona ao falar sobre sua participação em uma das competições mais importantes da sua vida. “Estou muito feliz por essa conquista. Disputar os Jogos Olímpicos na China é um sonho. Vou me dedicar ao máximo e dar o meu melhor”.

Grande incentivador do esporte, o Prefeito Nelson Bornier fez questão de receber a atleta em seu gabinete com o Secretário de Esporte e Lazer, Adriano Santos. Ele expressou sua alegria por Nova Iguaçu revelar grandes talentos.
“Emily tem nosso total apoio. Estamos na torcida para que ela seja ouro na China e que se prepare para as Olímpiadas 2016”, incentiva Bornier.   

Para o secretário Adriano Santos, é tradição de Nova Iguaçu ter sempre um atleta participando dos Jogos Olímpicos. “A Emily é a maior esperança da cidade disputando os Jogos. Acreditamos e torcemos muito por ela”, afirma o secretário.

Atleta do Projeto Marinha/Odebrecht, desenvolvido pelo Centro de Educação Física Almirante Adalberto Pereira Nunes (Cefan), Emily intensificou durante essa semana seus treinos de levantamento de peso. Para ser ouro na China, a jovem mudou seus horários e intensificou os treinos. “Tenho ficado no quartel da Marinha desde a semana passada para intensificar os treinos de levantamento de peso, economizar tempo e me dedicar mais. Treino sete horas por dias, além da academia”, comenta a atleta.  

Essa disputa é um grande sonho para a levantadora de peso que seguirá viagem com seu treinador, o Tenente Carlos Aveiro do (Cefan), neste domingo (3), para São Paulo. De lá, segue para o Japão, onde ficará por 15 dias para adaptação e depois vai à China.

Com retorno previsto ao Brasil para o dia 2 de setembro, Emily entende que ficar esse tempo longe da família é necessário. “Infelizmente não poderei levar meus pais, mas a força que eles me dão, é o que me manterá forte durante esse mês longe da família”, despede-se a jovem. 

NOVA IGUAÇU ABRE INSCRIÇÃO PARA OS JOGOS ESTUDANTIS


Por: ASCOM Fotos: Charles Souza e divulgação
NOVA IGUAÇU ABRE INSCRIÇÃO PARA OS JOGOS ESTUDANTIS
Edição deste ano, terá Vôlei Sentado para alunos com deficiência
Mais de quatro mil alunos de escolas municipais, estaduais e particulares estarão participando, a partir do dia 19 de setembro, dos Jogos Estudantis de Nova Iguaçu (Joeni). Cerca de sessenta escolas estarão envolvidas no evento que é uma parceria entre a prefeitura e o Sesc, através das secretarias municipais de Esporte e Lazer e Educação. Para este ano, a novidade será a inclusão social de alunos com deficiência física. O Vôlei Sentado, esporte reconhecido pela Organização Mundial de Esportes para Deficientes em 1978, estará entre as competições.

Na última segunda-feira, o secretário municipal de Governo, Thiago Portela promoveu uma reunião em seu gabinete, para discutir a execução do evento. Além do secretário municipal de Esporte e Lazer, Adriano Santos, representantes das secretarias municipais de Educação e Saúde e do Sesc participaram do encontro. "O Joeni é o maior evento desportivo da Baixada Fluminense", disse Thiago Portela. "Este ano terá um aspecto social importante que é a inclusão de alunos com deficiência", destacou ele. Segundo Adriano Santos, as competições entre os alunos com deficiência, serão em dias específicos, nas modalides masculino e feminino, com medalhas para os vencedores.

INSCRIÇÕES GRATUITAS
As inscrições estarão abertas a partir do próximo dia quatro. Adriano Santos disse que as escolas devem procurar a sede da Sectretaria Municipal de Esporte e Lazer e falar com o professora Cândido Medeiros, na Rua Luís de Lima 288, das 9 às 17h, para inscrever os alunos, gratuitamente, nas categorias sub-11, 14 e 17, para as modalides de atletismo, basquete, vôlei, futsal, handebol, tênis de mesa, natação e judô. 
Nossos jogos estudantis já revelaram vários atletas. Entre eles o judoca, medalista olímpico, Sebastian Pereira. Mas aqueles alunos que não se tornarem atletas, terão com certeza, o orgulho de ter representado sua escola. Um sentimento que a gente leva pra vida toda", afirma Adriano Santos.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Atleta de Nova Iguaçu vai de olhos bem abertos atrás do ouro na China


Texto: Geraldo Perelo Fotos: Alziro Xavier
Atleta de Nova Iguaçu vai de olhos bem abertos atrás do ouro na China
Celeiro de atletas olímpicos, como o judoca Sebastian Pereira, o levantador de peso Bruno Laporte e a jogadora da seleção brasileira de handebol Lucila Vianna, entre outrosa cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, terá este ano mais uma representante em competição mundial.

         Moradora no bairro do Ambaí, a jovem levantadora de peso Emily Rosa, de apenas 16 anos, já está de malas prontas para seguir viagem, neste sábado (2), até Nanquim, na China. Ela disputará entre 16 e 21 de agosto, a segunda edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, de olhos bem abertos na medalha de ouro para a categoria sub-17. Levanta também a esperança de conquistar uma vaga nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

         “Somos uma cidade com tradição olímpica”, lembra o prefeito Nelson Bornier. Grande incentivador da atleta, ele anunciou “total apoio” para que Emily possa brilhar numa das maiores competições multiesportiva e cultural, que acontecerá do outro lado do mundo.

         “Vemos a luta incansável dos pais de Emily para manter o sonho olímpico desta grande jovem iguaçuana, orgulho de nossa cidade. Além do mais, entendemos que o esporte é uma oportunidade ímpar para oportunizar o crescimento das nossas crianças e adolescentes. Por isso mesmo, não poderíamos deixar de dar também a nossa contribuição. Emily ainda vai nos proporcionar muitas alegrias; é só esperar”, profetiza Bornier, que recebe hoje (30), pela manhã, a levantadora de peso em seu gabinete.

         Atleta do projeto Marinha/Odebrecht, desenvolvido pelo Centro de Educação Física Almirante Adalberto Pereira Nunes (Cefan), Emily, de apenas 1,48m e 46kg, conquistou o direito de ser a única brasileira classificada para Nanquin, na sua categoria e modalidade, ao arrebatar, em maio, em Lima, no Peru, os títulos de campeã Sul-Americana e vice-campeã Pan-Americana Juvenil (sub-17). Ela competiu no arranco e também arremesso, quando ergueu 82kg e 78kg, respectivamente.

         “Emily é muito disciplinada para qualquer coisa que faça. Gosta muito de treinar, tem uma força física muito boa para seu peso corporal e qualidades ideais para brilhar na sua modalidade”, elogia o tenente Carlos Aveiro, seu orientador no Cefan, onde a atleta treina sete horas diárias, há três anos.

           VIDA DE SUPERAÇÃO – O esporte, sobretudo o levantamento de peso, corre como sangue nas veias da família Rosa Figueiredo. Sua irmã, Natasha Rosa, é campeã brasileira e medalha de bronze no Sul e Pan-Americano, no México. A prima, Tainara Figueiredo, também conquistou o vice-campeonato sul-americano, este ano, no Peru.

         Aluna do 2º ano do Ensino Médio na Escola Estadual Area Leão, no bairro da Posse, Emily Rosa é um exemplo de vida e de superação. Filha de um técnico de fibra ótica e de uma costureira, ela pratica esporte desde os seis anos de idade, quando começou na ginástica olímpica, no Sesc de Nova Iguaçu.

         “Tenho muito orgulho da minha filha. Ela, com certeza, vai alcançar o sonho de ser um dia reconhecida no mundo como uma grande atleta olímpica. Pra ela, não há tempo ruim, acorda cedo, se dedica de corpo e alma por esta causa e vai à luta”, testemunha Lucilene Rosa da Silva, 39 anos.

         Atualmente, Emily está entre as cinco melhores levantadoras de peso do mundo, na modalidade sub-17, categoria até 48kg. É ainda recordista brasileira e, mesmo com apenas de 16 anos, se destaca ainda entre as dez melhores do Brasil, também no naipe adulto. É da mesma forma a segunda melhor do País na categoria juvenil, até 20 anos.

         “É uma atleta em estágio de ascensão permanente”, atesta o tenente Aveiro.

         Mas, para chegar ao estágio atual, a levantadora iguaçuana teve que superar obstáculos bem mais pesados, como a falta de patrocínio por um bom período de sua carreira.


         O SONHO É CHEGAR A OLIMPÍDA DE 2016 - “Comecei no esporte, ainda pequeninha, praticando ginástica olímpica no Sesc de Nova Iguaçu. Depois, passei pelo Flamengo e Vasco da Gama. Sem incentivos, abandonei a ginástica e parti para os saltos ornamentais pela Associação Peneira Olímpica de Esportes (APOE), onde fiquei durante um ano”, conta a atleta, que sai de casa, diariamente, às 5h20, para treinar no Cefan, e só retorna por volta de 23h, depois das aulas no Area Leão.

            “A Emily tem coordenação muito afinada, devido ao trabalho que ela fez na ginástica olímpica durante seis anos de sua vida, ou seja, até os 12 anos. Isso trouxe uma carga de coordenação muito boa pra ela, que absorveu a questão técnica do levantamento de peso muito facilmente, exatamente por conta da ginástica e experiência nos saltos ornamentais”, diagnostica o tenente Aveiro, um dos mais entusiasmado com a performance da atleta.

          Emily faz parte de um grupo de 18 atletas do projeto Marinha/Odebrecht que está sendo preparado para representar futuramente a Marinha nos esportes olímpicos.

         “O esporte é a minha vida e a grande oportunidade de ir à China é a também a conquista de um sonho que acalento desde que iniciei a minha carreira, no levantamento de peso. Eu sabia que tinha potencial para disputar um torneio internacional desta natureza, razão pela qual passei a me dedicar de corpo e alma para provar a mim mesma que sou capaz. E, se Deus quiser, também estarei nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro”, promete a atleta.

Nova Iguaçu promove políticas públicas e homenageia mulheres negras



Por: ASCOM FOTOS: Thiago Loureiro
Nova Iguaçu promove políticas públicas e homenageia mulheres negras
Para comemorar o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, a Secretaria de Assistência Social de Nova Iguaçu (SEMAS) promoveu, na última sexta-feira (25.07), uma festa, com direito a palestras, depoimentos e apresentações artísticas. A data foi celebrada no Espaço Municipal da Terceira Idade de Nova Iguaçu (Esmuti), no Bairro da Luz. Participaram do encontro integrantes do poder público e da sociedade civil.

A secretária da SEMAS, Cristina Quaresma, vê a data como um marco importante na luta pela defesa dos direitos da mulher negra. “As mulheres negras são guerreiras e o governo Nelson Bornier faz questão de levantar a bandeira da luta contra o racismo. Qualquer discriminação gera violência. A cor da pele não significa nada, ela é apenas a cor da pele”, enfatizou Quaresma, que se emocionou muito durante os depoimentos.

O vereador Henrique Neves (PCdoB) voltou no tempo e fez uma relevante análise da história, destacando os avanços da participação da mulher negra na sociedade, a importância dela em todos os segmentos e as perspectivas futuras. “A mulher negra veio ao Brasil para ser usada e abusada. As funções designadas a elas foram as de lavar, passar e cozinhar. A página foi virada e, hoje, elas têm acesso à universidade e ao mercado de trabalho. A mulher negra tem que viver em destaque e não às margens da sociedade. Sou o único vereador negro e um grande defensor de que o homem não vive sem a mulher. Vamos colocar nosso potencial em prática”, destacou Henrique Neves.

O ator Macedo Griot interpretou o poema “Que história é essa, mulher?” e a atriz Silvia Regina o poema “Banco de Réus”. A bailarina Vanessa Ferreira e a cantora contemporânea Andréia Café animaram a festa e colocaram a mulherada para dançar.

O evento é uma realização da SEMAS, através das Coordenadorias de Políticas para Mulheres, Igualdade Social e Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT), em parceria com a Ong Aganin Direitos Humanos, dos promotores de eventos Neno Ferreira e Marisa Justino. A coordenadora de Políticas para Mulheres, Patrícia Xavier, explicou que a ideia é sempre promover eventos que divulguem os direitos dos cidadãos. “A sociedade está avançando. As dificuldades ainda existem, mas o trabalho para fortalecer as políticas públicas e elevar a autoestima de todas as mulheres irá continuar no governo Bornier”, garantiu Patrícia.

A aposentada na área da Educação e líder da comunidade de Lagoinha, Jení dos Santos, 62, foi uma das homenageadas durante a comemoração do Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. Em seu discurso, Jení disse ser contra cota para negros e declarou estar orgulhosa dos avanços da sociedade. “A cota é a afirmação de que o negro é incapaz. Brigo para que as autoridades olhem por nós. E o prefeito Nelson Bornier é um parceiro, que prioriza saúde e educação, o que nos dá condições para lutarmos igualmente”, agradeceu emocionada.

Patrícia Xavier aproveitou a oportunidade para divulgar a caminha “Em briga de Marido e Mulher, Nova Iguaçu mete a colher!”, em comemoração a sanção da lei Maria da Penha. O evento, que tem como objetivo romper a violência contra mulher, acontecerá no dia 7 de agosto, às 9h. A concentração será no pátio da Prefeitura Municipal de Nova Iguaçu e o final da caminhada será na Praça Rui Barbosa, no Centro.

Prefeito Nelson Bornier inaugura Clínica da Família de Jardim Roma e anuncia obras na Vila Berth

Por:Elaine Cutrim
    Prefeito Nelson Bornier inaugura Clínica da Família de Jardim Roma e anuncia obras na Vila Berth
O fim de semana foi de festa para os moradores de Jardim Roma, em Nova Iguaçu. Nem mesmo o frio e o tempo chuvoso foram capazes de afastar a população que foi conhecer a Clínica da Família, inaugurada no último sábado (26) pelo prefeito Nelson Bornier e pelo secretário de Saúde Luiz Antônio Teixeira Júnior. A unidade faz parte da segunda etapa do Programa Nova Saúde Iguaçu e é a quarta a ser entregue em um total de 19 que ficarão prontas até o fim do ano.

O prefeito lembrou que este novo modelo de clínica, com capacidade para realizar dois mil atendimentos por mês em clínica médica, pediatria, ginecologia e odontologia, ajudará a desafogar o Hospital Geral de Nova Iguaçu.
“O Hospital da Posse, infelizmente, não cuida só da população da nossa cidade. Ele é regional, cuida de todos os municípios da Baixada Fluminense, dos acidentados em todas as rodovias que cortam a região. Não é fácil cuidar de quatro milhões de pessoas na Baixada e mais tudo isso. Por este motivo, estamos investindo R$ 26 milhões na construção de todas estas unidades, com isso vamos diminuir a demanda no hospital e qualificar ainda mais o atendimento na área da saúde”, explicou Bornier.

O secretário municipal de Saúde relembrou as inaugurações das Clínicas da Família da Cerâmica e de Corumbá, além da Clínica da Família 24 Horas Arquiteta Patrícia Marinho, inaugurada na última semana no bairro Jardim Paraíso, e da reabertura da Maternidade Mariana Bulhões.
“Mais de 2.800 crianças que antes não tinham o direito de nascer em Nova Iguaçu, já nasceram na nossa maternidade. Em pouco tempo reabrimos a Policlínica Dom Walmor, inauguramos a nova emergência e a nova pediatria do Hospital da Posse e, nos próximos meses, vamos inaugurar a UPA de Comendador Soares. Conseguimos em pouco tempo mudar a realidade da saúde de Nova Iguaçu”, comemorou Luiz Antônio Teixeira Júnior.

Também participaram da inauguração secretários municipais de outras áreas e os  vereadores Alcemir Gomes, Giane Jura, Artur Legal, Marcelinho das Crianças, Neizinho Irmão, Renato do Mercado, Marcelo Nozinho, Carlão Chambarelli e Dr. Cacau.

VILA BETH GANHA 14 RUAS
A secretária de Obras e Serviços Públicos de Nova Iguaçu, Carla Neves, anunciou, durante a inauguração da Clínica da Família de Jardim Roma, o início das obras em 14 ruas do bairro Vila Beth, totalizando 2.682,80 km. Segundo o prefeito Nelson Bornier, a prefeitura e o Governo do Estado estão realizando obras de infraestrura - saneamento, drenagem, asfalto, calçadas e iluminação pública - em 570 ruas de 37 bairros. Na Vila Beth, serão beneficiadas as ruas: Beth, Vanessa, Horizonte Azul, Axel Humberto, Nelson dos Santos, Irene santos, Vivendas do Couto, Antenor Couto, Est. da Paca (trecho), Trav Elza Ribeiro, Sem nome, Fernando Brigagão, Trav Fernando e Trav Horizonte Azul. 



-- 


segunda-feira, 28 de julho de 2014

Crianças como escudos humanos na Síria.


Rubens Silva
Crianças como escudos humanos na Síria.
O conflito na Síria também continua causando tanto sofrimento quanto em Gaza. Quatro postos de fronteira a partir de Turquia, Iraque e Jordânia já estão nas mãos de rebeldes, que sufocam o regime do ditador Bashar al-Assad.
3,1 milhões de crianças necessitam de ajuda humanitária e muitas estão sendo utilizadas como escudos humanos. Há mais de 2,3 milhões de refugiados sírios nos países vizinhos enquanto 400 mil palestinos estão refugiados lá.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Viaduto da Barros Junior volta a ser interditado neste domingo


Por: ASCOM Fotos: Charles Souza
Viaduto da Barros Junior volta a ser interditado neste domingo
Os motoristas que passarem pelo Centro de Nova Iguaçu devem ficar atentos, pois neste domingo, dia 27, o Viaduto da Rua Barros Júnior estará novamente interditado, das 7h às 18h. A operação que teve início na semana passada (20), contará mais uma vez com 50 agentes da prefeitura que se mobilizarão na atividade, que está dando início nas obras de duplicação do viaduto.

Quem vier dos bairros Esplanada, Miguel Couto, Rancho Novo e adjacências deverá usar como alternativa a Avenida Pensilvânia, Rua Baltimore, Via Dutra, sentido Rio-São Paulo, entrar no Viaduto da Posse e seguir pela Avenida Roberto Silveira, em sentido Centro de Nova Iguaçu, e Rua Professor Heleno Fragoso, em direção à Dutra.

Já os que vierem do Centro de Nova Iguaçu, com destino à Estrada de Iguaçu, devem optar pela Via Dutra, sentido Rio de Janeiro, e fazer o contorno na passagem subterrânea da Jacutinga (Posto 13), retornando à Dutra, até a entrada do bairro Rancho Novo. A outra alternativa é acessar o viaduto da Posse.

O fim dos transtornos
A interrupção nos dois acessos vai permitir os preparativos para o início das obras de duplicação do viaduto, com previsão de conclusão para dezembro de 2015. O projeto, avaliado em R$ 28,09 milhões, terá duas pistas de rolamento, ciclovia e faixa isolada para pedestre com mureta de proteção (guard rail). O entorno vai ganhar ainda área urbanizada, com a criação de 6 mil metros quadrados de área verde.

ARRAIÁ BENEFICENTE NA CASA DO MENOR

Leandro Monteiro
ARRAIÁ BENEFICENTE NA CASA DO MENOR
Renato Chiera, italiano de 72 anos, é conhecido pelo trabalho de resgate de crianças e adolescentes das ruas na Baixada. O padre, fundador da Casa do Menor São Miguel Arcanjo, em Nova Iguaçu, reconhecida pelo trabalho pioneiro de Acolhimento Institucional, Desenvolvimento Comunitário e de Profissionalização e Inserção no Mercado de Trabalho. Há dois anos, Pe. Renato Chiera decidiu abrir uma nova frente de luta: o resgate dos dependentes de crack. “Não é o crack que mata, mas sim a falta de amor e de oportunidades”, sintetiza.

No dia  26 de Julho de 2014, às 18 horas, acontecerá o ARRAIÁ DO COMPADRE CHIERA, festa em comemoração aos 72 anos do Padre Renato Chiera. O evento contará com barracas típicas, Rifa de uma bicicleta, Competição de Quadrilhas Juninas, Duelo do Passinho e Companhia Ru’art. Local: Paróquia São Miguel Arcanjo localizada na Rua São Pedro nº 74 – Miguel Couto, Nova Iguaçu.

 OBSERVAÇÃO: É importante frisar que todo valor arrecadado na venda das barras será destinado para a compra de colchões, chinelos e fraldas geriátricas para as crianças e adolescentes acolhidos pela Casa do Menor São Miguel Arcanjo.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Nova Iguaçu realiza batismo coletivo no sábado

Por: ASCOM Foto: Divulgação
Nova Iguaçu realiza batismo coletivo no sábado
 Cerca de 500 fiéis de diferentes denominações religiosas são esperados no Centro da Cerâmica, na Rua Geni Saraiva, nas proximidades do mercado Cosme, no próximo sábado, para um batismo coletivo. O evento será realizado em praça pública, às 19 horas, e é uma iniciativa de quatro pastores evangélicos e tem o apoio da Prefeitura de Nova Iguaçu e de igrejas locais.

A programação tem como tema “Eu faço parte dos 500”. Piscinas de plástico serão colocadas na rua para celebração dos batismos nas águas, símbolo que marca a nova fase na vida do cristão, onde é identificada a morte do velho homem, e o nascimento de um novo homem, segundo os religiosos.

Para um dos idealizadores do ato profético, Augusto de Souza, apóstolo do Ministério Agnus Dei, a proposta é que as igrejas andem em unidade em prol do crescimento do Reino de Deus. Também organizam o evento os pastores Paulo Henrique 100% Jesus, Márcio Valente, Mário Lopes, todos da Cerâmica.

Cada pessoa pode ainda ter o seu batismo realizado por um pastor da sua escolha. Os interessados em se batizar deverão entrar em contato através do telefone: 2764-8762.

Nova Iguaçu melhora trânsito na Bernardino de Melo

Port: ASCOM: Fotos: Thiago Loureiro
Nova Iguaçu melhora trânsito na Bernardino de Melo
 O tumultuado, congestionado e caótico trânsito de veículos em frente à estação ferroviária do centro de Nova Iguaçu, à Rua Bernardino de Melo, já começou a melhorar. Agentes de trânsito da Prefeitura estão desde ontem organizando o fluxo no local com o objetivo de aumentar a velocidade de tráfego numa das ruas que mais sofre de falta de mobilidade na área central de Nova Iguaçu.
Durante a operação de revitalização de trânsito naquela área, cerca de sete agentes supervisionados pelo Diretor de Fiscalização e Vistoria, Marcos Fonseca e do Diretor de Fiscalização de Transporte, Marcio Alves, organizaram o fluxo. Segundo a comerciante Ana Paula Oliveira, é intenso o movimento de carros naquele trecho da Bernardino de Melo.  Ela, que trabalha em frente à estação há seis anos, destaca que a presença dos agentes faz toda diferença. "O trânsito só anda quando eles estão aqui. Fico muito satisfeita com o trabalho deles. Já fiquei duas horas do túnel para chegar à passarela do caracol de carro, sei como é complicado", comenta  Ana Paula.
Para o Secretário de Trânsito, Rubens Borborema, a medida é muito importante. “Estamos organizando este ponto para que as duas faixas fiquem liberadas. Agora o trânsito na Bernardino vai melhorar bastante”, afirma Borborema.
Para manter o tráfego fluindo, agentes da Prefeitura estão trabalhando em dois turnos. Na parte da manhã, de 8h às 10h, e de tarde, de 16h às 18h30. Em seguida, serão encaminhados para Rua Doutor Thibau com Bernardino de Melo, onde permanecerão no local até o tráfego melhorar.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Prefeitura de Nova Iguaçu proíbe tráfego de veículo pesado na Estrada de Madureira




Por:Ascom Foto: arquivo
Prefeitura de Nova Iguaçu proíbe tráfego de veículo pesado na Estrada de Madureira
Veículos com peso bruto total acima de 11 toneladas estão definitivamente proibidos de circular e realizar operações de carga e descarga, em qualquer horário e dia da semana, inclusive aos domingos, ao longo do corredor viário da Avenida Abílio Augusto Távora (antiga Estrada de Madureira), entre o km 32 e o Centro de Nova Iguaçu.

         A medida faz parte da Portaria nº 154/2014, da Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, publicada na edição desta terça-feira (22), no Diário Oficial da Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçu.

Os motoristas infratores estarão incursos no Artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com a perda de 4 pontos na Carteira de Habilitação e pagamento de multa de R$ 83,12. Poderão ter o veículo rebocado para o Depósito Municipal se insistirem em desrespeitar a nova Portaria.

         O secretário de Trânsito, Rubens Borborema, explicou que a medida tem como objetivo garantir a fluidez do trânsito e a preservação do asfalto da pista de rolamento naquela região.

 “Além de funcionar em pista de mão dupla, sem dispor de acostamento, Avenida Abílio Augusto Távora apresenta em toda sua extensão diversos empreendimentos que desenvolvem atividades relacionadas ao tráfego e operações de carga e descarga, envolvendo, na sua grande maioria, veículos de grande porte. Isso acaba dificultando a fluidez do trânsito e até mesmo o seu bloqueio parcial”, explicou.

Borborema deu como exemplo, a circulação diária de dezenas de caminhões e carretas da Ambev, a maior cervejaria do País.
 “É uma empresa que usa veículos pesados para abastecer bares, restaurantes, mercados etc, não só danificando a pista de rolamento, já saturada, como também provocando congestionamentos no trânsito e transtornos à circulação de pessoas. Ou seja, são caminhões enormes, de empresas que usam o solo público de Nova Iguaçu para ganhar dinheiro, sem uma contrapartida social e tampouco qualquer tipo de investimento na cidade”, disse.

Ainda na avaliação do secretário, a Ambev e outras empresas que utilizam veículos pesados de carga, utilizam logradouros públicos da cidade, passando inclusive pelo Centro de Nova Iguaçu, para acessar outras regiões da Baixada Fluminense, como Nilópolis, Mesquita e São João de Meriti.

“O ideal é que essas empresas usem caminhões menores para evitar transtornos na fluidez do trânsito. Devem, além disso, optar pela Via Dutra para chegar ao Centro de Nova Iguaçu e de outras cidades vizinhas”, sugeriu Borborema.

Segundo ainda o secretário de Trânsito, a operação desta terça-feira (22) teve cunho apenas educativo. “Abordamos mais de 30 motoristas, para orientá-los sobre a medida em vigor. Mas, a partir de amanhã (hoje), vamos autuar os infratores na forma da lei”, anunciou Borboborema.

Nova Saúde Iguaçu: mulheres em tratamento contra o câncer de mama participam do 'Arraiá das Poderosas'


Por: Raphael Bittencourt Foto: Everton Barsan
Nova Saúde Iguaçu: mulheres em tratamento contra o câncer de mama participam do 'Arraiá das Poderosas'
O sábado (19) foi de muita alegria para cerca de 70 mulheres em tratamento  contra o câncer de mama que fazem fisioterapia oncológica na Policlínica Dom Walmor, no Centro de Nova Iguaçu. Elas participaram da terceira edição do ‘Arraiá das Poderosas”, festa organizada pelas fisioterapeutas da unidade, Clarice Silva de Santana e Juliana de Moares Bastos, com o intuito de promover a socialização e ajudar a aumentar a autoestima de quem luta ou já lutou para vencer a doença.
“Este é o grande objetivo do evento. Ele é batizado como “Arraiá das Poderosas”, pois é o que estas mulheres são. É preciso ter muita determinação e força de vontade para superar uma doença como esta”, afirma Clarice.

Uma das mais animadas do arraiá era Aline Almeida, 33 anos. Equilibrista formada na Escola Nacional de Circo em dezembro de 2011, ela descobriu que tinha câncer de mama dois meses depois. Imediatamente, Aline deu início ao tratamento de radioterapia e quimioterapia e precisou passar por uma cirurgia para a remoção dos nódulos da mama e da axila direita. Segundo ela, as técnicas aprendidas no circo foram fundamentais para enfrentar o câncer.

“O circo me ajudou muito, pois trabalha nossa coragem e os desafios. Se fazemos isso durante os exercícios, por quê não pôr isto em prática no dia a dia?”, diz Aline.

Apesar da determinação para vencer a doença, ela conta que temeu não poder mais voltar a trabalhar com o que gosta. “Depois do tratamento, achei que não fosse mais subir em uma perna de pau. Tirei os nódulos da axila direita e mal podia mexer o braço. Fiz fisioterapia na Policlínica Dom Walmor durante um ano e fiquei muito satisfeita com o atendimento. As meninas são muito dedicadas e atendem todas as pacientes como se fossem membro da família delas”, revela a equilibrista.

Aline teve alta supervisionada em dezembro e comparece à policlínica a cada três meses para fazer reavaliações. Ela pretende, até o final do ano, fazer uma cirurgia de reconstrução da mama. Vencida a doença, hoje ela trabalha como arte educadora do Circo Baixada, um projeto social que funciona em Queimados.

“Quando assumimos esta gestão, o único setor que encontramos funcionando adequadamente em toda a secretaria foi o de fisioterapia oncológica, desde então, o serviço já foi ampliado, mas essas profissionais têm todo o meu respeito por realizarem um trabalho de excelência em nosso município”, disse o secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior.

A festa foi realizada no Espaço Missões, no bairro Ponto Chic, e contou com a participação não só das pacientes da policlínica, mas também de parentes que puderam participar das típicas brincadeiras das festas caipiras ao som de muito forró. Além das tradicionais comidas da época, como canjica, os convidados puderam saborear hambúrgueres e batatas fritas distribuídas gratuitamente pelo Mc Donald’s.

Arte gratuita na Baixada


Por:Daniele Ramires Foto:Divulgação
Arte gratuita na Baixada 
Cia Código de Artes Cênicas de Japeri reestreia peça Censura Livre
A peça “Censura Livre”, adaptação do renomado musical “Liberdade, Liberdade” de Flávio Rangel e Millôr Fernandes, traz no texto  uma coleção de cenas de grandes nomes da história universal que lutaram pela liberdade. O espetáculo  foi encenado pela Cia Código de Artes Cênicas de Japeri, no dia 19 de julho, às 19h, no Espaço Cultural Código - na Rua Davi, nº 397, Nova Belém, Japeri, com entrada franca.  A temporada segue com mais três apresentações nos dias 2, 9 e 16 de agosto.

 Esta temporada do espetáculo faz parte do projeto GRUPO CÓDIGO – CRIANDO UMA NOVA LINGUAGEM, com patrocínio da PETROBRAS, do Governo do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, e parceria da SUPERVIA. 

A obra que tem a direção de Bruno W. Medsta e supervisão artística de Miwa Yanagizawa,  traz diversos nomes como Anne Frank, (mundialmente conhecida com a publicação póstuma de seu diário, no qual escrevia as experiências do período em que sua família se escondeu da perseguição aos judeus dos Países Baixos); Joseph Brodsky, (poeta russo condenado a trabalhos forçados pelo regime comunista pelo fato de ser poeta) e  Eddie Slovik, (soldado norte-americano, único condenado à morte por deserção). Com um texto que aborda episódios importantes da história universal como a Revolução Francesa e a Abolição da Escravatura,  o tom irônico e debochado da Cia está presente nas cenas que criticam nossa sociedade atual.

Nesta montagem, o cenário é composto de diversos cubos de madeira que contribuem para a construção das cenas e a trilha sonora criada especialmente para o espetáculo é executada ao vivo pelos atores.

Serviço:
Dias: 19 de julho / 02, 09 e 16 de agosto
Horário: 19h.
Local: Espaço Cultural Código – Rua Davi, nº 397. Nova Belém, Japeri.
 Duração: 70 minutos.
 Classificação: 14 anos
 Entrada: Franca

*Serão distribuídas 80 senhas, trinta minutos antes do início do espetáculo.

Daniele Ramiro (97117-3474)

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Viaduto da Barros Junior volta a ser interditado no domingo


Por: ASCOM Foto: Charles Souza
Viaduto da Barros Junior volta a ser interditado no domingo
Operação terá continuidade no próximo fim de semana para finalizar a operação
Cerca de 50 agentes da Prefeitura de Nova Iguaçu trabalharam neste domingo, dia 20, na interdição do Viaduto da Rua Barros Júnior. As secretarias de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana; Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente (Semuham); Defesa Civil, além da Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlurb) se mobilizaram com as intervenções que deram o início nas obras de duplicação do viaduto.

Árvores de eucalipto, espécie considerada exótica, começaram a ser retiradas do entorno do viaduto. O local que ganhará uma nova pista, atualmente abriga cerca de 40 unidades da espécie, que são consideradas fora do padrão para a região. “Essas árvores foram plantadas sem conhecimento técnico e hoje, são inadequadas para esta área urbana. Muitas já estão secas. E com a obra, fundamental para a melhora na mobilidade da cidade, estas árvores passam a não ser compatíveis com o projeto”, afirma Giovanni Guidone, secretário da Semuham.

Para reduzir o impacto ambiental, somente no bairro Metrópole, 200 mudas de árvores nativas como ipê, quaresmeira, extremosa, pata de vaca, aroeiras, por exemplo, já foram plantadas. A região ganhará nas próximas semanas mais 100 mudas. O plantio está sendo realizado através do programa “Nova Iguaçu Mais Verde”, que através do replantio, prevê acabar com o desmatamento na cidade.  

Os motoristas que circulam pelo Centro de Nova Iguaçu devem ficar atentos com as mudanças no trânsito, que continuam no próximo domingo (27). O viaduto será mais uma vez interditado, das 8h e 18h. Para auxiliar a população, controladores de tráfego, além de dois painéis eletrônicos, vão orientar os motoristas durante a operação nos dois lados da cidade cortados pela rodovia Presidente Dutra.

A duplicação     
A interrupção nos dois acessos permite os preparativos para o início das obras de duplicação do viaduto, com previsão de conclusão para dezembro de 2015. O projeto, avaliado em R$ 28,09 milhões, terá duas pistas de rolamento, ciclovia e faixa isolada para pedestre com mureta de proteção. O entorno vai ganhar ainda área urbanizada, com a criação de 6 mil metros quadrados de área verde.

A nova pista da duplicação do viaduto da Barros Junior, que terá 434 metros de extensão, vai ligar os dois lados da cidade sobre a rodovia Presidente Dutra, a partir do conjunto habitacional Tertuliano Potiguara, desembocando na Estrada de Iguaçu.

Com capacidade de 3.500 veículos/hora, por faixa, o atual viaduto, além de servir de corredor viário da Estrada Iguaçu com o Centro da cidade, é também um dos principais acessos à Via Dutra. Com a duplicação do viaduto, a capacidade passará para 7 mil veículos/hora, nas duas pistas.