Páginas

terça-feira, 16 de maio de 2017

Morreu Nivaldo o goleiro 'voador'

Por: Berguinho (com certeza um dos zagueiros preferidos do mestre Nivaldo) 
Morreu Nivaldo o goleiro 'voador'
 Era de longe o melhor goleiro da Baixada Fluminense. Os que, como eu, tiveram o privilégio de jogar na mesma equipe, onde Nivaldo vestia a camisa 1, incluindo: Miguel Couto, Morro Agudo e Seleção Iguaçuana,  sabem muito bem do que estou falando. Como era difícil pra qualquer atacante adversário fazer um gol no Nivaldo. Com respeito ao porte físico, não era muito alto, conforme a maioria dos goleiros, mas tinha a agilidade dos felinos.
 Mas, não era só isso. Além de ser um goleiro excepcional, Nivaldo, era, ainda, um grande orientador dos jovens que gostavam de jogar futebol.  Ensinando-os, não só os segredos da técnica, mas também os da educação física, da alimentação e da abstinência do álcool e do cigarro, que naqueles tempos, nos anos 50/60, levava muito jovem ao vício e até à morte prematura, não raro pela tuberculose ou cirrose.
 Foi o grande 'criador' da "Rua de Lazer", onde nos finais de semana promovia a custo zero, tendo tão somente a ajuda de um ou outro amigo, o encontro da criançada de Miguel Couto e adjacências para a prática de diversa modalidades de esporte e lazer, como: jogos de Voley, Ping-Pong, queimada, linha de Passes e outros... 
 "Respira a flor; apaga a vela; respira que é de graça", dizia ele em tom jocoso, enquanto ministrava os exercícios respiratórios à seus jovens atletas.
  Dai surgiu o Bloco - Respira que é de Graça -  homenagem em vida ao grande Nivaldo    
   Perdemos um ícone do futebol iguassuano - um mestre, isto sim!

Nenhum comentário: